Sistemas de gestão

A mística da implantação da ISO 9001

Imprimir artigo

Iniciamos o processo de implantação da ISO 9001 aqui na empresa e vou relatar no blog as experiências no decorrer do processo de implantação da ISO 9001, falando sobre a mística que envolve a implantação do sistema de gestão e os primeiros passos.

Nossa empresa já possui outro tipo de certificação, temos inclusive um grande número processos estabelecidos, todos com fluxogramas desenhados e procedimentos redigidos para atender cada tipo e situação, mas é incrível a mística que a ISO 9001 traz quando tratamos de sua implantação. Uma áurea de “perigo” parece envolver o tema, perigo esse que na verdade não existe.

O primeiro trabalho que estamos fazendo junto com o competente e amigo Mário Sérgio Resta que está conduzindo o trabalho foi “passar” todos os itens da norma, com a equipe envolvida (somos em cinco pessoas) e isso ajudou a desmistificar muito, esclareceu vários pontos, e ajudou a compreender os próximos passos.

Outra coisa que motivou a equipe nesta primeira etapa, foi a apresentação rápida e direta dos oito princípios da qualidade, que inclusive já desmembramos aqui no blog. Mesmo que muito dos princípios já estejam no dia a dia da empresa, olhar para eles como objetivos de um sistema de gestão traz mais credibilidade para a implantação da ISO 9001, afinal quem hoje não quer ter foco no cliente, investir em liderança, melhorar continuamente ou envolver as pessoas?

O trabalho está apenas começando, mas esse tempo de discussão inicial e entendimento da norma como um todo foi essencial para tirar a angustia que cercava esse novo desafio, principalmente quando pudemos perceber que basta ajustar o que estamos fazendo para as recomendações da norma. E principalmente, quando observamos que o que não fazemos ainda, e a norma exige, vai nos ajudar a melhorar como empresa.

Nos próximos meses, vou seguir apresentando aqui no blog o andamento a implantação da ISO 9001, comentários, sugestões e críticas serão bem vindas.

Autor

Comentários

Posts Relacionados

← Post mais recente
Como determinar a quantidade de equipamentos necessária para a o...