Gestão de processos

Confiabilidade

Imprimir artigo

A cada dia estamos mais dependentes de equipamentos e pessoas que por mais eficientes que sejam, apresentam falhas. Desta forma, procuramos cada vez mais ferramentas eficientes e eficazes utilizadas na fabricação dos produtos e na prestação dos serviços que possam nos proporcionar confiabilidade.

Confiabilidade é a probabilidade que um sistema dê como resposta aquilo que se espera dele durante um determinado período de tempo e sobre certas condições. Quando nos referimos a sistema, estamos relacionando-o a equipamentos, componentes e também aos colaboradores da organização. Desta forma, sistemas confiáveis alcançarão resultados esperados.

EXEMPLO DE CONFIABILIDADE

Quando ligamos um equipamento esperamos que ele funcione. Desta forma, quanto mais vezes ele funcionar em relação ao número de tentativas, mais confiável ele será. Assim, se em 500 tentativas de ligarmos o equipamento ele funcionar 498 vezes, ele nos será confiável 99,6%.

QUALIDADE E CONFIABILIDADE

A confiabilidade faz parte das várias dimensões da qualidade, e sua procura tem levado as organizações investirem cada vez mais em novos recursos para gerar produtos e serviços que atendam aos requisitos da qualidade.

Cumprir metas e prazos de entrega é essencial para sermos competitivos. Quando se assume um compromisso com o cliente, o mesmo tem que ser cumprido para que não se perca a confiabilidade. Produtos precisam ser entregues nos prazos especificados e serviços precisam ser prestados de maneira que o cliente perceba sua confiabilidade. Se o prazo de entrega de determinado produto não foi respeitado, perdeu-se a confiabilidade; se os aspectos apresentados na prestação do serviço foram enganosos, o mesmo acontecerá.

Quando perdemos a confiabilidade do cliente perdemos também a oportunidade de conquistarmos novos mercados, pois seremos lembrados pelo produto ou serviço não confiável que oferecemos.

REFERÊNCIA

MARTINS, Petrônio G; LAUGENI, Fernando P. Administração da Produção. São Paulo: Saraiva, 2ª ed., 2005.

Autor

Comentários

Posts Relacionados

← Post mais recente
Melhoria Contínua