,

Blog da Qualidade

Engajamento no trabalho

Receba Nossa News

Os conteúdos mais legais sobre qualidade, semanalmente em seu e-mail

Todos os dados inseridos aqui, estão resguardados pela Política de Privacidade da ForLogic, totalmente adequada a LGPD e ISO 27001 (Segurança da Informação).

Juliana Geremias

Juliana Geremias

Hoje vamos falar de engajamento, um tema sempre muito requisitado e presente no ambiente de trabalho, principalmente quando falamos de gestão. Por isso precisamos entender como ele influencia no trabalho dentro de uma organização.

Afinal, o que é engajamento?

De acordo com o dicionário online de português,  engajamento pode ser definido como:

“Ato ou efeito de engajar, de participar colaborando com alguma coisa. Participação ou posição ideológica em relação a questões políticas e sociais; militância: engajamento político; engajamento social; engajamento ideológico. Busca de membros ou de pessoas interessadas em partilhar uma causa…” 

Conforme definição acima, fica claro que o engajamento está muito além e vêm antes de resultados numéricos; está associado ao comprometimento, ao envolvimento, à interação e ao relacionamento do colaborador com a estratégia e objetivos da organização, o que demonstra sua grande importância.

Contudo, infelizmente, muitas organizações ainda não se preocupam com o nível de engajamento de seus colaboradores.

Como podemos caracterizar o engajamento no trabalho?

Uma maneira eficaz de engajar os colaboradores é através do Sistema de Gestão da Qualidade, uma vez que o ENGAJAMENTO é um de seus princípios básicos e uma condicional para a manutenção do SGQ na prática.

Para isso, é preciso envolver os colaboradores com as demandas e assuntos pertinentes ao SGQ (não faça sozinho!), o que implica na troca de informações, ideias, perspectivas e ações das pessoas envolvidas com esse sistema. Vale aqui ressaltar,  que esse envolvimento (sabe quando dá aquele brilho nos olhos?!) deve partir da LIDERANÇA.

gestao-da-qualidade-anuncio-1200x175px

Se o envolvimento com o SGQ não ocorrer da forma apropriada, a Qualidade se torna, para os colaboradores, apenas um ritual de procedimentos e processos chatos, feitos apenas para cumprir a norma e mostrar a um auditor. 

O engajamento vai muito além das relações humanas entre colaboradores, ele está ligado ao sentimento de satisfação nas tarefas que o colaborador desempenha e ao resultado que seu trabalho gera para a organização, ou seja, o engajamento é o vínculo criado pelo colaborador com suas atividades e com os objetivos da organização.

Por esta razão é que o engajamento é tão essencial numa organização, simplesmente porque pessoas engajadas aumentam a sua capacidade de gerar valor. Claro, que a organização precisa de pessoas engajadas e com a competência necessária para execução das suas atribuições. 

Como estimular o fortalecimento dos valores pessoais no ambiente de trabalho?

Por falar em valores pessoais, o que isso tem a ver com engajamento?

Tem a ver, porque o engajamento está diretamente relacionado ao nível de esforço e dedicação dos colaboradores no cumprimento de suas atividades. Um profissional engajado demonstra motivação e ajuda o indivíduo a ter mais energia, disposição e criatividade para gerar valor.

Infelizmente, nos dias de hoje ainda encontramos organizações que olham para seus colaboradores como se fossem apenas números; contudo, um profissional é, antes de tudo, um ser humano movido à estímulos. Peter Drucker (2001, p.74) em O Melhor de Peter Drucker ensina o seguinte:

“o executivo que focaliza a contribuição também estimula os outros a se desenvolver, sejam eles subordinados, parceiros ou superiores. Ele estabelece padrões que não são pessoais, mas fundados no requisito da tarefa. Ao mesmo tempo, são exigências para a excelência.”

Existem práticas capazes de estimular o trabalho com base na contribuição e no companheirismo dentro das empresas, sendo três delas apresentadas a seguir:

1) Estimular a disseminação de valores pessoais como a empatia e o companheirismo.

Esta prática, se dá através de pequenos gestos, como desejar bom dia aos colegas, que traz um forte sentimento de união, o que é muito saudável para o ambiente de trabalho. Contudo, é importante manter as relações de trabalho sempre profissionais, mas de forma humanizada.

2) Estimular a autonomia no ambiente de trabalho. 

A aplicação desta prática é muito importante na medida que sabemos que atingir metas não é uma tarefa árdua quando a equipe está engajada, de forma que envolver a equipe nos processos de definição de metas pode trazer resultados ainda melhores.

3) Investir em ferramentas para fazer a seleção de candidatos. Esta prática torna mais fácil o alinhamento dos perfis dos colaboradores com os objetivos da organização, o que permite ao RH diminuir o índice de turnover, ou seja, faz com que o RH tenha menos gastos e economia de tempo em processos seletivos.

 

Conclusão.

Quando um profissional está engajado, ele produz mais e melhor; consequentemente, não vê o trabalho apenas como uma obrigação que precisa ser cumprida, mas como uma fonte de satisfação pessoal.

Idealizado por Forlogic | www.forlogic.net
Saiba mais sobre qualidade em http://ferramentasdaqualidade.org/
Conheça nossos softwares:
Gestão da Qualidade https://qualiex.com/ | Gestão da Metrologia https://metroex.com.br/

Sobre o autor (a)

Blog da Qualidade

Artigos relacionados

Software para gestão da qualidade

Conheça nossos canais

Conheça o que CEOs e especialista nos assunto estão fazendo para desenvolver as estratégias de suas empresas

Planejamento Estratégico | Transmitido ao vivo em 21 de jan. de 2021

Qualicast - O Podcast da QUALIDADE

como-a-medicao-e-a-informacao-podem-impactar-na-qualidade
01 de Outubro de 2021
Gestão de Documentos para Sua Empresa