Blog da Qualidade

Fluxograma de Processo: Entenda o que é, saiba os benefícios e aprenda como fazer!

Receba Nossa News

Os conteúdos mais legais sobre qualidade, semanalmente em seu e-mail

Todos os dados inseridos aqui, estão resguardados pela Política de Privacidade da ForLogic, totalmente adequada a LGPD e ISO 27001 (Segurança da Informação).

Jeison

Jeison

Sou co-fundador da ForLogic Software, hoje atuo com gente, cultura e gestão. Sou um dos criadores do Qualiex, do Qualicast (o 1º Podcast nacional focado em qualidade), criador do Blog da Qualidade (o maior blog sobre Qualidade do Brasil). Mestre em Engenharia da Produção pela UTFPR (Universidade Tecnológica Federal do Paraná), auditor líder formado com orgulho pela ATSGna ISO9001 e 22000, pai, empreendedor, e um inconformado de plantão!
Acredito na responsabilidade do indivíduo, no poder da qualidade e que podemos fazer diferente. Me acompanhe no Linkedin e no Instagram.

Se você se sente perdido em seu trabalho no dia a dia e muitas vezes não tem clareza de quais atividades fazer e de quais são seus entregáveis, você provavelmente está sofrendo com a falta de processos definidos. E nada melhor do que um fluxograma de processo para ilustrar as atividades, handoffs e outros elementos que irão balizar suas ações na busca pelo seu objetivo.

Continue a leitura porque neste artigo vou te trazer com detalhes o que é um fluxograma de processo, como construí-lo e quais os principais tipos para você ter como modelo. Fique com a gente!

O que é um Fluxograma de um processo?

O fluxograma de Processo é uma ferramenta da qualidade utilizada para representar a sequência e interação das atividades do processo por meio de símbolos gráficos. Os símbolos proporcionam uma melhor visualização do funcionamento do processo, ajudando no seu entendimento e tornando a descrição do processo mais visual e intuitiva.

No gerenciamento de processos, a ferramenta tem como objetivo garantir a qualidade e aumentar a produtividade dos trabalhadores. Isso acontece pois a documentação do fluxo das atividades torna possível realizar melhorias e esclarece melhor o próprio fluxo de trabalho. Você precisa entender que quando for fazer fluxogramas deve mapear todo o processo para que eles, de fato, ilustrem mais fielmente possível o trabalho.

Benefícios do Fluxograma de Processo

Dentre as vantagens de utilizar o fluxograma, é possível ressaltar que ele:

  • Melhora a compreensão do processo de trabalho;
  • Mostra os passos necessários para a realização do trabalho;
  • Cria normas padrão para a execução dos processos;
  • Demonstra a sequência e interação entre as atividades/projetos;
  • Pode ser utilizado para encontrar falhas no processo;
  • pode ser utilizada como fonte de informação para análise crítica;
  • Facilita a consulta em caso de dúvidas sobre o processo.

É importante dizer que o fluxograma de processo vai te ajudar – e muito! – a ter mais clareza no dia a dia, potencializando suas entregas, diminuindo sua ansiedade e o sentimento de estar perdido. Por fim, você irá perceber que o resultado da empresa será o principal a ser afetado quando criar os fluxogramas de processo de sua área.

Símbolos do Fluxograma

Para facilitar o entendimento e análise do processo, o diagrama utiliza uma série de símbolos para representar as ações e momentos do processo. Não é obrigatório o uso de todos os símbolos, devendo-se utilizá-los de acordo com as necessidades das atividades mapeadas.

No geral, pode-se dizer que os símbolos de início ou fim do processo e de tomada de decisões são os mais utilizados. Veja outros símbolos:

símbolos do fluxograma de processo
Cada símbolo tem um papel único dentro da lógica do fluxograma de processos.

Tipos de Fluxograma

Existem vários tipos de fluxogramas que devem ser utilizados em diferentes contextos, dentre eles destacam-se os modelos abaixo:

tipos de fluxograma de processo
É muito importante saber alguns dos principais tipos de Fluxogramas para entender qual se adequa melhor ao seu trabalho.

1- Fluxograma de operações

Esse tipo de fluxograma é usado para representar visualmente as etapas envolvidas em um processo operacional específico.

Geralmente, é utilizado para descrever procedimentos de produção, montagem ou prestação de serviços. Cada etapa do processo é representada por um símbolo específico, como uma caixa, e as setas indicam a sequência das operações.

2- Fluxograma setorial

O fluxograma setorial é uma representação gráfica das atividades realizadas em um departamento ou setor específico de uma organização.

Ele detalha as diferentes funções e responsabilidades dentro do departamento, mostrando como as tarefas são distribuídas e executadas. Isso ajuda na compreensão da estrutura organizacional e no alinhamento das atividades com os objetivos gerais da empresa.

3- Fluxograma de linhas de montagem

Esse tipo de fluxograma é comumente usado em ambientes de fabricação para ilustrar o fluxo de materiais e informações ao longo de uma linha de montagem.

As etapas do processo de montagem são representadas com símbolos, mostrando a sequência das operações e como os produtos são montados progressivamente. Ele é crucial para identificar gargalos, otimizar o fluxo de trabalho e aumentar a eficiência da produção.

4- Fluxograma de arranjo físico funcional

Este fluxograma de processo descreve a disposição física dos diferentes elementos dentro de uma área de trabalho ou instalação industrial.

Ele destaca a localização de máquinas, equipamentos, estoques e áreas de trabalho, visando maximizar a eficiência operacional e minimizar desperdícios. O arranjo físico funcional é projetado para facilitar o fluxo de materiais, a comunicação entre os trabalhadores e a segurança no ambiente de trabalho.

Cada tipo de fluxograma desempenha um papel específico na análise e melhoria dos processos empresariais, fornecendo uma visão clara e estruturada das operações.

Ao escolher o tipo correto de fluxograma para uma situação específica, as organizações podem identificar oportunidades de otimização, tomar decisões informadas e alcançar níveis mais altos de eficiência e qualidade.

Como fazer um Fluxograma de Processo? 

O fluxograma de processos é uma ferramenta composta por três fases essenciais: o início, que abrange as entradas e os elementos a serem considerados durante o planejamento; o processo em si, que engloba todas as operações; e o fim, que representa os resultados gerados ao longo do processo.

Cada atividade do processo é representada por um símbolo específico, facilitando a identificação das ações a serem realizadas. Devido à diversidade de símbolos disponíveis, é crucial que a empresa estabeleça uma padronização para sua utilização, visando simplificar a compreensão por parte dos envolvidos.

Para saber como criar um fluxograma, é necessário seguir algumas etapas:

  1. Definir o processo que será esquematizado.
  2. Estabelecer o escopo do processo, determinando o ponto de partida e de término, assim como o nível de detalhamento a ser incluído no diagrama.
  3. Identificar e discutir as atividades envolvidas no processo.
  4. Organizar as atividades em uma sequência lógica e adequada.
  5. Representar cada atividade por meio dos símbolos apropriados.
  6. Utilizar setas para indicar o fluxo do processo, mostrando a direção das atividades.

Seguindo esses passos, é possível criar fluxogramas claros e eficientes, que contribuem para uma melhor compreensão e otimização dos processos empresariais.

Assista a um episódio especial do Qualicast sobre o 4º princípio da Qualidade: Abordagem de processos, para se aprofundar no tema:

Exemplo de Fluxograma de Processo

Veja um exemplo de fluxograma para procedimento de controle de produto não conforme:

fluxograma para procedimento de controle de produto não conforme
Esperamos que esse fluxograma te ajude a ter insights nos diagramas que for montar aí em sua empresa.

Quando um fluxograma de processo é elaborado, são identificados os fatores problemáticos que não eram percebidos anteriormente, os quais poderão ser trabalhados e melhorados para alcançar melhores resultados.

Caso você queria saber mais sobre o Fluxogramas de processo e obter mais algumas dicas sobre como fazer e analisar um fluxograma, acesse o nosso portal ferramentas da Qualidade. Lá você encontra explicações sobre as principais Ferramentas da Qualidade, modelos para download, vídeos, passo a passos de como fazer e outras informações importantes.

Qualiex: O melhor Software para a Gestão da Qualidade!  

Gostou deste artigo sobre Fluxograma de processos? Com a ajuda do Qualiex você consegue fazer uma gestão sistêmica e profissional dos processos em sua empresa. Elimine planilhas, ganhe tempo, garanta a conformidade com os requisitos aplicáveis e foque seus recursos no que realmente importa.  

E tem mais: Se você é pequena empresa pode contar com a tecnologia Qualiex disponível sob medida para sua organização. O Qualitfy é perfeito para encaixar no orçamento de sua pequena empresa e fazer ela conquistar os resultados que busca.  

Além de sermos o melhor software para gestão da qualidade, te ajudamos com cursos de especialistas voltados à gestão, qualidade e excelência por meio da Saber Gestão. Por isso, não perca mais tempo, entre em contato conosco!  

 


REFERÊNCIAS
PEINADO, Jurandir; GRAEML, Alexandre Reis. Administração da produção: operações industriais e de serviços. Curitiba: UnicenP, 2007.
SLACK, Nigel et al. Administração de Produção. São Paulo: Atlas, 2002.

Idealizado por Forlogic
Conheça nosso software para Gestão da Qualidade

Sobre o autor (a)

36 comentários em “Fluxograma de Processo: Entenda o que é, saiba os benefícios e aprenda como fazer!”

  1. Marcelo Tizzato

    Gostei muito do material postado irei recomendar a profissionais e estudantes da area… Parabéns espero poder colaborar em um futuro próximo.

  2. Niedja Maciel

    Adorei o post! Parabéns!
    Tenho elaborado os fluxos dos setores da empresa que trabalho. Mas tenho uma dúvida: os fluxogramas podem substituir o procedimento gerencial (formal e escrito).
    Meu chefe gostou tanto da ideia que analisa e extinção dos procedimentos.
    Ah! A ferramenta que uso para construção dos fluxos chama-se bizagi, p download dele é gratuito e ele é super fácil de se utilizar. Foi indicação de um professor da Universidade Potiguar e está sendo bem útil!

    1. Saulo Magalhães

      Não Niedja, o fluxograma não substitui os procedimentos, os procedimentos são originados a partir do fluxograma da organização.

  3. Daniel Lunardi

    ajudou demais no meu projeto, ajuda como essa garante a mim, estagiário, um bom futuro…obg pela força.

  4. Estou elaborando fluxogramas na empresa e preciso saber se o diagrama substitui o procedimento que não é obrigado na norma.

    1. Monise Carla

      Ari, não substitui. Pense assim: há o fluxo, o fluxo é composto de atividades e as atividades são compostas de tarefas. Ou seja, no fluxo você fala as atividades e no procedimento as tarefas (o passo a passo para executar as atividades). Deu pra entender? Qualquer dúvida manda e-mail pra mim: monise@forlogic.net. Abraço!

  5. Nelson Santana

    Boa noite!! Sobre o diagrama acima mostrado, alguém sabe me responder as seguintes perguntas:

    a) O fluxograma acima tem algum vício de conformação?

    b) Tendo em vista os modernos
    conceitos de qualidade, qual sua proposta de fluxograma para essa atividade?

  6. Olá, estou elaborando um fluxograma de venda de produto por telefone, porem gostaria de colocar anexo como o colaborador irá fazer isso no sistema (software) passo a passo (ex: digitar senha, abrir aba tal, digitar nome do cliente…), ou seja, gostaria de conectar partes do fluxograma com o arquivo que eu tenho que explica passo a passo

  7. Melina Castro

    Olá!!!

    olhem estes exemplos que eu encontrei. Tem até os principais erros cometidos na elaboração de fluxogramas:

    Achei bem legal!

  8. Melina Castro

    Olá!!!

    olhem estes exemplos que eu encontrei. Tem até os principais erros cometidos na elaboração de fluxogramas:

    blog.smlbrasil.com.br/2017/07/07/5-passos-para-criacao-de-um-fluxograma/

    Achei bem legal!

  9. Alan Firmino dos santos

    Uma dúvida, o fluxograma, só pode ter 3 processos e o que buscamos(resultado) precisa estar no bloco do meio ou não importa
    ?

    1. Alan Firmino dos santos

      Nao foi minha duvida…

      Queria saber se o resultado do fluxo precisa estar na caixa do meio ou pode ser no ultimo bloco? E se pode ter mais que 3 passos ?

  10. Excelente artigo! Sempre gosto de saber mais novidades e como posso trabalhar de forma mais eficiente 🙂 Vale a pena tentar e fluxogramas sao muito interesantes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blog da Qualidade

Artigos relacionados