Blog da Qualidade

6 pontos de atenção para laboratórios de metrologia continuarem trabalhando

Receba Nossa News

Os conteúdos mais legais sobre qualidade, semanalmente em seu e-mail

    Todos os dados inseridos aqui, estão resguardados pela Política de Privacidade da ForLogic, totalmente adequada a LGPD e ISO 27001 (Segurança da Informação).

    Gabrielle Pessute

    Gabrielle Pessute

    + posts

    Eu ajudo as pessoas na área de Relacionamento com Cliente, trabalhando no Metroex. Vim de São Paulo para cursar ciências contábeis na UENP. Apaixonada pela série Friends, amo cachorros, sou muito eclética para música e visto preto quase todos os dias!

    Como já vem sido discutido em outros artigos aqui do blog, a metrologia está extremamente relacionada com a qualidade e com questões essenciais de nossas vidas. 

    Um exemplo disso a gente viu no último post que o Neville Fusco escreveu para do Blog da Metrologia sobre o teste mais confiável do COVID-19, o RT-PCR. 

    O aparelho utilizado aumenta o material genético do caso suspeito em 100 milhões de vezes. Caso esse aparelho não esteja devidamente calibrado vai comprometer o resultado, ou seja, teremos muitos pacientes recebendo o diagnóstico errado.

    Não apenas na área da saúde, mas as calibrações devem ser realizadas em diversas indústrias que estão relacionadas diretamente com todos nós, como a alimentícia, farmacêutica e automobilística. Acredito que tenha ficado clara a conclusão que quero chegar: alguns laboratórios de metrologia não podem parar!

    No entanto, sabemos que, devido a pandemia, devemos ser responsáveis com as medidas preventivas e mudar nossas formas de trabalho.

    Com isso, separei algumas dicas para os laboratórios continuarem trabalhando com qualidade. 

    Pontos de atenção para unir qualidade e segurança nas atividades do laboratório de metrologia

    Os processos de calibração ainda são bem manuais, necessitando da presença direta de um técnico. Contudo, devemos ser cautelosos.

    1 – Incentive o home office e mantenha apenas quem é necessário no laboratório

    Aqueles colaboradores que não precisam fazer seu trabalho presencialmente, podem ser incentivados a trabalharem de casa. 

    Os líderes devem orientar para que o trabalho continue o mesmo, com rotina e comunicação entre a equipe. 

    Além disso, evite a rotatividade do home office. Isso significa que os colaboradores não devem ficar indo pra home office e revezando com quem está na empresa, isso vai aumentar a probabilidade de contágio das pessoas. Quem está em home office fica assim, e quem está indo na empresa fica assim também.

    2 – Incentive seus clientes a enviarem os instrumentos para calibração

    Os instrumentos que forem de fácil manuseio e transporte, devem ser incentivados a serem enviados ao laboratório. Esta medida evita trabalhos externos e assim, diminui as possibilidades de contágio.

    3 – Permita apenas um técnico por laboratório

    Nós temos a missão de evitar aglomerações o máximo possível, por isso, você pode manter apenas um técnico por laboratório. E não se esqueça de prover todos os itens de higienização necessários.

    4 – Se não for possível o envio do instrumento, negocie

    Alguns instrumentos realmente não são viáveis de enviar ao laboratório, por isso, negocie com seu cliente uma forma de ir realizar a calibração que reduza riscos de contaminação e contágio. 

    Procure um dia ou horário com menos pessoas na empresa, peça para que outras pessoas não fiquem circulando no local enquanto a calibração é realizada. 

    Providencie luvas, máscaras e todo equipamento de higiene necessário.

    5 – Conheça o técnico que fará o trabalho externo

    Em caso de trabalho externo, procure saber se o técnico tem contato com alguém do grupo de risco em seu cotidiano. 

    Se a resposta for positiva, procure outro técnico que possa realizar o trabalho. 

    6 – Hábitos de higiene são fundamentais

    Parece bobo, mas hábitos comuns de higiene devem ser lembrados a todo momento: lavar as mãos corretamente, não compartilhar objetos pessoais, descartar corretamente luvas e máscaras, entre outros. 

    Mais do que nunca, devemos tomar todos os cuidados possíveis em um momento delicado como este. Por este motivo, cartazes informativos espalhados pela empresa são muito bem-vindos. 

    Continue atuando, mas com responsabilidade

    Qualidade pode significar cumprir requisitos e gerar conformidade. Por isso, ao manter um processo correto e responsável, mostrará ao cliente que as calibrações continuam sendo realizadas com qualidade. 

    Assim, você ajuda seu cliente, a sociedade e reduz os riscos de comprometer a saúde das pessoas durante a crise. 

    A relação de confiança com o cliente é fundamental para os laboratórios se manterem não apenas ativos, mas também relevantes durante esse período. 

    Obviamente, a crise e suas consequências são preocupantes, mas também podem ser vistas como oportunidade criar novas formas de entregar resultados. 

    Para isso é necessário revisar os processos e adequá-los, tornando o laboratório uma referência em relação à responsabilidade do trabalho. Ou seja, há formas de continuar trabalhando, mas é importante sermos protagonistas na forma de trabalhar unindo a qualidade e segurança em sua empresa.

    Sobre o autor (a)

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Blog da Qualidade

    Artigos relacionados

    Planos 500x800

    Já elaborou um super PLANO DE AÇÃO que não foi executado a tempo?

    O Qualiex pode te AJUDAR!