Blog da Qualidade

WEBINAR AO VIVO
Dia 19 de Outubro, 10h00min

Processo de medição: entenda seu impacto nos processos e produtos!

Receba Nossa News

Os conteúdos mais legais sobre qualidade, semanalmente em seu e-mail

Todos os dados inseridos aqui, estão resguardados pela Política de Privacidade da ForLogic, totalmente adequada a LGPD e ISO 27001 (Segurança da Informação).

Neville Fusco

Neville Fusco

Empreendedor, Consultor, Professor e Palestrantes nas áreas de gestão da qualidade, metrologia, instrumentação, P&D e Inovação Tecnológica. Engenheiro Elétrico, com ênfase em eletrônica, formado pela Escola de Engenharia Mauá (2006) do Instituto Mauá de Tecnologia (IMT), em São Caetano do Sul - SP. Mestrado em Engenharia Mecânica, área de concentração: Metrologia e Instrumentação (Capes 7) pelo programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica - PósMEC (UFSC), Florianópolis - SC. Atualmente sou Diretor Executivo na ACC PR Soluções em Instrumentação, Qualidade e Metrologia EIRELI.localizada em São José dos Pinhais - PR, professor do curso de Pós-Graduação (Especialização) em Instrumentação e Controle de Processos Industriais na Faculdade de Tecnologia Senai Italo Bologna (FATECIB) em Goiânia - GO. Tem + de 20 anos de experiência nas áreas de Engenharia Elétrica e Mecânica, com ênfase em Metrologia, Qualidade, P&D, Inovação Tecnológica, Normalização, Instrumentação Industrial, Estatística aplicada a qualidade e melhoria de processos e produtos, Gestão e Garantia da Qualidade e Gestão da Inovação.

Um dos maiores problemas relacionados a metrologia nas empresas é o entendimento da medição como um processo. Para isso, a norma ABNT NBR ISO 10012 – Sistema de gestão de medição: Requisitos para os processos de medição e equipamento de medição apresenta o conceito de processo de medição e sua importância para a qualidade.

Assim, a ISO 10012 recomenda que os processos de medição sejam considerados como processos específicos que objetivem dar suporte à qualidade. E essa recomendação está em acordo com outro princípio da qualidade: a abordagem de processos, presente na norma ABNT NBR ISO 9001 – Sistema de gestão da qualidade: Requisitos.

O processo de medição

De forma simplificada, o processo de medição é definido como o conjunto de operações para determinar o valor de uma grandeza. Beleza, Neville, mas o que isso quer dizer? O processo de medição é, então, o conjunto de métodos e meios utilizados para realizar uma medição.

E são 5 os elementos que afetam a qualidade do resultado de um processo de medição:

  • as condições ambientais;
  • a definição do mensurando;
  • o procedimento de medição;
  • o conhecimento e habilidade do operador, e;
  • o equipamento de medição.

Todos esses elementos são fundamentais para obtermos medições confiáveis para garantir a qualidade.

docs-artigos-1200x175px

As saídas do processo de medição

Os resultados de medição são as saídas do processo de medição. Todos os elementos do processo de medição afetam a qualidade do seu resultado e sua confiabilidade. As condições ambientais devem ser conhecidas e preferencialmente controladas, o operador deve ser devidamente treinado, o procedimento de medição deve ser adequado e tecnicamente válido, o equipamento de medição deve ter a precisão adequada e o mensurando (grandeza que queremos medir) deve estar definido com a exatidão requerida.

É importante dizer que o resultado completo de uma medição não é um número. Considerando que toda medição realizada apresenta erros, é necessário, então, apresentar a faixa de dúvidas no resultado da medição. Essa faixa de dúvida é conhecida como a “incerteza de medição”.

O impacto da medição na qualidade

A busca pela qualidade, seja de um produto ou processo, está diretamente ligada aos processos de medição utilizados e a qualidade dos resultados que eles apresentam. Assim, não é possível controlar a qualidade de um produto ou processo sem medições confiáveis.

A inspeção da qualidade, o recebimento de matéria prima, o desenvolvimento de produtos e processos, o uso da ferramenta de controle estatístico de processos, entre outros, são exemplos de situações em que uma medição sem qualidade pode gerar grandes problemas.

Quando a medição não é confiável, por exemplo, ao receber uma matéria prima podemos gerar um grande problema para a produção. Um erro de medição não identificado ou acima do aceitável pode causar uma decisão errada ao aceitar a matéria prima que deveria ser reprovada, afetando diretamente a qualidade.

A tomada de decisão para ajustar uma máquina, recusar uma matéria prima, alimentar informações de um indicador de produtos não conformes, são outro exemplo de informações diárias derivadas de medições. Dessa forma, como podemos confiar em ações e decisões tomadas com base em informações obtidas de medições não confiáveis?

Conclusão

Quando olhamos para a importância da medição na qualidade realmente entendemos a necessidade de tratarmos a medição como um processo! E isso de acordo com o princípio da qualidade “abordagem de processos”, apresentado na norma ABNT NBR ISO 9001.

A metrologia, ciência da medição, é fundamental na busca pela qualidade da medição e pelas melhorias dos processos de medição. Afinal, uma gestão eficaz dos processos de medição minimiza riscos, ajuda a garantir conformidade e maximiza resultados. E, afinal, qual organização não busca sempre maximizar seus resultados?

Referencial teórico

[1] Albertazzi Jr, A. G. Fundamentos de metrologia cientifica e industrial. 2º Ed. 2018.

[2] ABNT ISO10012 – Sistema de gestão da medição: Requisitos para os processos de medição e equipamentos de medição.

[3] VIM – Vocabulário internacional de metrologia 2012.

Sobre o autor (a)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Blog da Qualidade

Artigos relacionados

ocorrênias 500x800

deixou de acompanhar as ações de
um projeto e ATRASOU a entrega?

O Qualitfy pode ajudar