Blog da Qualidade

webinar ocorrências

MPE Brasil: Encontrar significado leva a excelência

Receba Nossa News

Os conteúdos mais legais sobre qualidade, semanalmente em seu e-mail

Todos os dados inseridos aqui, estão resguardados pela Política de Privacidade da ForLogic, totalmente adequada a LGPD e ISO 27001 (Segurança da Informação).

Jeison

Jeison

+ posts

Sou co-fundador da ForLogic Software, hoje atuo com gente, cultura e gestão. Sou um dos criadores do Qualiex, do Qualicast (o 1º Podcast nacional focado em qualidade), criador do Blog da Qualidade (o maior blog sobre Qualidade do Brasil). Mestre em Engenharia da Produção pela UTFPR (Universidade Tecnológica Federal do Paraná), auditor líder formado com orgulho pela ATSG na ISO9001 e 22000, pai, empreendedor, e um inconformado de plantão!
Acredito na responsabilidade do indivíduo, no poder da qualidade e que podemos fazer diferente. Me acompanhe no Linkedin e no Instagram.

Esse é o post que fecha a série que aborda a participação no evento do MPE Brasil e nele farei uma breve explanação de como buscar a excelência através do significado. No evento tivemos a oportunidade de ouvir o Sr. Arthur Bender que veio falar sobre “Paixão e significado da marca”, a primeira observação é que um Brasil melhor, começa com cada um de nós fazendo o que faz, um pouco melhor. E para isso, ele defende que precisamos identificar e abraçar o significado do trabalho que fazemos, quando as pessoas entendem o significado do seu trabalho, eles procuram melhorar, porque se faz sentido fazer, as pessoas fazem com mais afinco. Quem faz coisas que tem significado, faz com Paixão, e fazer de uma forma apaixonada, leva a excelência. Essa mecânica me causou um certa dúvida, mas que foi respondida quando ele perguntou: “vocês conhecem alguém bem sucedido que não é apaixonado pelo que faz?” Procurei na minha cabeça, e não lembrei de ninguém, faz todo sentido! Quem é apaixonado faz de tudo para conseguir o que busca! E a única forma de fazer as pessoas se apaixonarem por aquilo que elas fazem na empresa, é defender um sentido, um propósito para os colaboradores. Levar as pessoas vestirem suas próprias camisas, e assim tenham propósito e significado. Alguns exemplos ilustram bem esse discurso, Nelson Mandela, odiava o ódio. Steve Jobs, desafiava o status quo, Martin Luther King, perseguia seu sonho de ver o homem não mais segregado pela cor da sua pele. É possível dizer que eles não viam significado no que faziam? Que eles não eram apaixonados pela suas causas? Que eles não eram excelentes no que se propunham a fazer? A partir desta análise eu me fiz 3 perguntas que estão diretamente ligados a desenvolver a excelência não só no trabalho, mas na formação de pessoas excelentes: Será que nós estamos defendendo o significado do nosso trabalho dentro da empresa? Será que todos que trabalham conosco, estão apaixonados pelo seu trabalho? Se não estão, será que eles vêem significado no seu trabalho? É hora de mostrar e defender o significado do trabalho para os colaboradores. Espero que as provocações levem a algumas reflexões, e fiquem a vontade para comentar.

Sobre o autor (a)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Blog da Qualidade

Artigos relacionados

ocorrênias 500x800

deixou de acompanhar as ações de
um projeto e ATRASOU a entrega?

O Qualitfy pode ajudar