Blog da Qualidade

Parte 2: Você conhece as necessidades dos seus clientes?

Receba Nossa News

Os conteúdos mais legais sobre qualidade, semanalmente em seu e-mail

    Todos os dados inseridos aqui, estão resguardados pela Política de Privacidade da ForLogic, totalmente adequada a LGPD e ISO 27001 (Segurança da Informação).

    Monise Carla

    Monise Carla

    Website | + posts

    Auditora Líder ISO 9001:2015, ISO 22000:2018 e ISO 31000:2016. Redatora do Blog da Qualidade e Especialista de Comunicação no Qualiex! Eu ajudo profissionais a resolverem problemas de qualidade por meio de tecnologia e acredito que esse é o primeiro passo para uma vida de Excelência. Gosto de rock, desenho animado e vejo qualidade e excelência em tudo isso. Não me leve tão a sério no Twitter, mas se preferir, você também pode me encontrar no Facebook e Linkedin.

    Grande parte do nossos esforços no mundo corporativo está aplicada em atender as necessidades dos clientes e satisfazê-las. Gestão da Qualidade tem tudo a ver com isso, eu já comentei um pouco sobre esse assunto quando falei do Modelo Kano. Vamos continuar falando sobre satisfazer clientes. James Lawther tem uma solução prática para satisfazer clientes, ele diz que: “só tem uma maneira de evitar clientes insatisfeitos, é só parar de fazer coisas estúpidas que deixam eles irritados”. Pensando na ótica de cliente, você provavelmente vai identificar várias coisas estúpidas que anda fazendo (inclusive, é uma cultura que estamos trabalhando continuamente por aqui). Mas de fato, o que o seu cliente quer de você? A resposta é a mesma para a pergunta: “O que você daria para um homem no deserto?” Se você é tão esperto como eu, provavelmente você respondeu: água! Gelada de preferência. Mas veja bem, é isso que ele quer mesmo? Eu nem perguntei se ele estava com sede! Eu nem perguntei o que ele queria… Aliás, eu nunca estive num deserto ou coisa do tipo para saber a sensação. Será que ele não ia preferir um Jeep? Uma sombra? Ou ir pra casa! Entende a gravidade? Quantas e quantas vezes estamos implantando soluções estranhas para os clientes quando a gente poderia simplesmente ouvi-los, entender o que eles querem! Há mais de um ano eu venho trabalhado com a Pesquisa de Satisfação da nossa empresa, o que desde o princípio foi uma atividade desafiadora e muito importante. Nós utilizamos o método NPS que é um método muito objetivo e faz muito sentido, tanto pra nós, quanto para o cliente. O mais importante de todo esse processo está focado em quais ações vamos tomar a partir da pesquisa, do que o cliente disse, pois o que o cliente fala não é para compor estatística, é para gerar ações, ações de melhoria contínua. Isso mexe com a empresa toda, é um trabalho imenso, mas é algo que nos deixa um pouco mais tranquilos em saber que nossos clientes se importam o suficiente para nos dar um feedback construtivo. Você tem ouvido seu cliente? Se sim, o que tem feito a partir do que eles têm falado? Se não, você não acha que é uma boa hora de começar ouvi-los?

    Sobre o autor (a)

    5 comentários em “Parte 2: Você conhece as necessidades dos seus clientes?”

    1. Bom dia,
      Tudo bem?

      Planejo realizar a pesquisa NPS aqui na empresa em que trabalho. O meio utilizado para enviar esta pesquisa seria apenas por e-mail marketing? É desta forma que é feito?

      Gostei bastante dos seus artigos!

      Att.,

      1. Olá Victória, tudo bem?

        Aqui a gente faz através de ligação. Mensalmente, ligamos para 20% dos nossos clientes e fazemos as 2 perguntas do NPS. Você pode fazer também através de e-mail marketing, nada impede, mas acho importante a relação pessoal, até porque, nem sempre uma pessoa escreve tudo o que sente sobre a empresa… Falando é mais fácil registrar percepções.

        Muito obrigada, espero continuar entregando conteúdo relevante.

        Abraço!

    2. Pingback: A importância de otimizar a gestão de ocorrências - Blog da Qualidade

    3. Pingback: ISO 9001:2015 – 5.1.2 Foca no Cliente! (Parte 2) - Blog da Qualidade

    4. Pingback: A crise brasileira vai atingir a sua empresa? - Blog da Qualidade

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Blog da Qualidade

    Artigos relacionados

    WEBINAR GRATUITO

    Colocando a criatividade em prática no planejamento estratégico

    Dias
    Horas
    Minutos