Blog da Qualidade

webinar ocorrências

Planos de Ação como Ferramenta de Gestão

Receba Nossa News

Os conteúdos mais legais sobre qualidade, semanalmente em seu e-mail

Todos os dados inseridos aqui, estão resguardados pela Política de Privacidade da ForLogic, totalmente adequada a LGPD e ISO 27001 (Segurança da Informação).

Monise Carla

Monise Carla

+ posts

Auditora Líder ISO 9001:2015, ISO 22000:2018 e ISO 31000:2016. Redatora do Blog da Qualidade e Especialista de Comunicação no Qualiex! Eu ajudo profissionais a resolverem problemas de qualidade por meio de tecnologia e acredito que esse é o primeiro passo para uma vida de Excelência. Gosto de rock, desenho animado e vejo qualidade e excelência em tudo isso. Não me leve tão a sério no Twitter, mas se preferir, você também pode me encontrar no Facebook e Linkedin.

Como já vimos no post anterior, há diferenças entre Planejamentos e Planos, no caso, quando se executa planos de ação, é com um objetivo maior do planejamento, são os caminhos que devem ser percorridos para se alcançar aquele planejamento maior. Mas ainda atualmente, há uma dificuldade muito grande na execução de planos de ação que leve a um resultado satisfatório, mas por quê?
Há várias respostas! Mas hoje falaremos das soluções para isso não acontecer e conseguir resultados efetivos.
Um método muito usado são modelos em papel, planilhas eletrônicas, entre outros, para estabelecer um plano de ação. É claro que é uma iniciativa muito interessante, porém, vai trazer dificuldades críticas no que diz respeito ao controle e gerenciamento das atividades. Imagine que um departamento com 8 colaboradores precisa executar 16 planos de ações, e cada plano de ação tem 4 sub-ações respectivas a suas atividades. Num total seriam 64 ações e definitivamente estamos falando de um número mínimo de atividades. Como seria possível gerir isso de forma eficiente? E ainda integrar as equipes de forma que se tenha o controle de que todos estão executando suas atividades sem ter que ficar marcando reuniões a todo instante? Ainda com planilhas eletrônicas compartilhadas, seria um desafio acessá-las o tempo todo conferindo o que há de novo.
Um sistema de gestão de planos de ação traria muitos benefícios nesse sentido, começando a se criar uma atividade até na metodologia necessária para o mesmo, ou seja o 5W2H (O quê, Quando, Quem, Como, Por quê, Onde e Quanto).
Mas como já vimos, criar um plano de ação é de grande importância, porém não é só isso, é necessário envolver a equipe, delegar responsabilidades, promover a colaboração e por fim gerenciar as mesmas.
A figura abaixo está ilustrando o Forlogic Action executando o PDCA, onde é possível visualizar as ações cadastradas, responsáveis definidos, andamento das atividades, tanto por Status como no gráfico de Gantt:

Figura 1: Forlogic Action

Viu como não é complicado? E não pense que isso está tão longe do seu alcance, o Forlogic Action (ilustrado acima) é acessível para todos os portes de empresa.
Gerenciar planos de ação não é só para aperfeiçoar processos e ampliar a colaboração da equipe, é para promover a melhoria contínua do seu negócio, e nos dias de hoje ter a melhoria contínua como diferencial competitivo é de grande importância se o seu objetivo é consolidar um posicionamento de mercado com qualidade.
Em breve falaremos mais sobre planejamento, até mais![/wr_column][wr_text]

Sobre o autor (a)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Blog da Qualidade

Artigos relacionados

ocorrênias 500x800

deixou de acompanhar as ações de
um projeto e ATRASOU a entrega?

O Qualitfy pode ajudar