Blog da Qualidade

WEBINAR AO VIVO
Dia 05 de Abril 10h00min

A diferença entre o planejamento estratégico, tático e operacional

Receba Nossa News

Os conteúdos mais legais sobre qualidade, semanalmente em seu e-mail

Todos os dados inseridos aqui, estão resguardados pela Política de Privacidade da ForLogic, totalmente adequada a LGPD e ISO 27001 (Segurança da Informação).

Marcella Villas Bôas

Marcella Villas Bôas

Formada em Engenharia Ambiental na UNESP com Pós-Graduação em Engenharia de Segurança do Trabalho pela UNICAMP e apaixonada em fazer a diferença para as empresas! Apoio não só para cumprirem seus requisitos, mas também para atingirem seu máximo potencial. Auditora Líder em Sistema de Gestão Integrado nas normas ISO 9001:2015 (Sistema de Gestão da Qualidade), ISO 14001:2015 (Sistema de Gestão Ambiental) e ISO 45001:2018 (Sistema de Gestão de Segurança e Saúde Ocupacional) pela Lloyd’s Register (LRQA Brasil), atuando na área há 5 anos.

O planejamento estratégico  é essencial para alcançar o sucesso, pois determina onde a empresa quer chegar e como ela fará para executar o seu objetivo.Para que o planejamento dê certo, é preciso envolver pessoas de vários níveis, se comunicar claramente, garantir que todos conheçam os seus objetivos e coordenar as atividades da organização para que as coisas aconteçam. Para isso, você precisa entender os principais níveis de planejamento: estratégico, tático e operacional, que se diferenciam no prazo das ações, nos níveis hierárquicos envolvidos e como cada planejamento influencia no resultado geral da organização.

O Planejamento Estratégico

O planejamento estratégico é o começo de tudo, é a visão do futuro da organização, que se estrutura nos fatores ambientais externos, e nos fatores internos, onde definimos os valores, visões e missão da organização.As decisões tomadas no planejamento estratégico são de responsabilidade da alta administração da empresa. Na sua maioria pela Alta Direção, proprietário, CEO, presidente ou diretoria, isso depende de como a empresa distingue o nível hierárquico dos seus processos.As ações são criadas pensando em longo prazo, normalmente feitas para o período de 5 a 10 anos, que buscam uma visão ampla da organização sem ações muitos detalhadas, pois seria difícil acertar tantos detalhes para um período tão longo.É importante lembrar que devido as ações de longo prazo, o planejamento deve ser revisado e atualizado continuamente, para que as informações sejam mais reais e sirvam como fatos e dados para tomadas de decisão. Este passo é essencial para que não haja grandes variações entre o que foi planejado e o que foi executado.

plano-de-acao-anuncio-1200x175px

O Planejamento Tático

Enquanto o planejamento estratégico se desdobra para toda a organização, o planejamento tático tem um envolvimento mais limitado, a nível departamental, envolvendo às vezes apenas um processo de ponta a ponta.O planejamento tático é o responsável por criar metas e condições para que as ações estabelecidas no planejamento estratégico sejam atingidas.Por se tratar de um planejamento mais específico, as decisões podem ser tomadas por pessoas que ocupam os cargos entre a alta direção e o operacional, como executivos da diretoria e gerentes.Outra característica que diferencia o planejamento tático é o tempo que as ações são aplicadas, geralmente no período de 1 a 3 anos mensurando ações para um futuro mais próximo do que o visado no planejamento estratégico, ou seja, médio prazo.Aqui os planos começam a ser mais detalhados, e podemos dizer que o planejamento tático é a decomposição do planejamento estratégico, ele traduz e interpreta o plano estratégico para transformá-lo em planos concretos, onde vamos desenvolver o plano de marketing, produção, pessoal, ou seja, financeiro empresarial.

O Planejamento Operacional

O planejamento operacional é de onde saem as ações e metas traçadas pelo nível tático para atingir os objetivos das decisões estratégicas.Neste planejamento os envolvidos são aqueles que executam as ações que são aplicadas em curto prazo, geralmente no período de 3 a 6 meses.Aqui, todos os níveis da organização estão envolvidos e cuidam do acompanhamento da rotina, garantindo que todas as tarefas e operações sejam executadas, de acordo com os procedimentos estabelecidos, preocupando-se em alcançar os resultados específicos.É importante entender que um planejamento estratégico não vai sair do papel se os planos do nível tático e operacional não forem bem estabelecidos, pois é um processo integrado e interdependente. Todos os níveis são necessários: o estratégico para o orientar a visão, o tático para desdobrar essa visão em planos de ação menores, e o operacional para levar os planos a execução. Por isso, os planejamentos devem envolver todos da empresa e é um incentivo para que as pessoas se comprometam com os resultados.Postado por Forlogic | www.forlogic.net Saiba mais sobre qualidade em Ferramentas da Qualidade Conheça nossos softwares: Gestão da Qualidade https://qualiex.com/ | Gestão da Metrologia https://metroex.com.br/

Sobre o autor (a)

19 comentários em “A diferença entre o planejamento estratégico, tático e operacional”

  1. Oi Marcella. Parabéns pela escolha do tema. Um pequeno comentário: embora esteja na profundidade adequada para esta mídia, penso que na conceituação de planejamento estratégico é vital inserirmos a empresa no contexto de busca de vantagem competitiva, através da liderança de mercado e/ou bloqueio da concorrência.

    1. Marcella Peradelles

      Olá Aldo. Obrigada! No aprofundamento do planejamento estratégico é certo sim considerar essa característica, assim como tantas outras. Mas neste post tive como objetivo esclarecer a diferença entre os tipos de planejamento, e para isso optei em marcar os pontos comparáveis entre eles. Obrigada pela contribuição!

  2. Olá Marcella.
    O tema foi bem desenvolvido.
    Consegui sanar algumas dúvidas em relação a diferença entre planejamento estratégico, tático e operacional.
    Muito obrigado!

    Eduardo

  3. Olá Marcella, parabéns pelo tema e a forma simples e clara concebida. Seria legal se você adicionasse algum exemplo prático para visualizarmos estas diferenciações. Tenho tentado adaptar estes conceitos para o nível pessoal. Você tem algum artigo nesta direção?

  4. Boa tarde. Sou policial militar do estado do Pará e muito ouvimos falar nesses três níveis de planejamento, porém confesso que chego a confundir o tático com o operacional, isso aqui na minha área, sabe?

  5. Olá Marcela. Parabéns pelo post sucinto e efetivo!
    Na sua experiência, qual seria os passos e método para realizar o desdobramento de metas estratégicas para o nível tático, considerando a posse somente de objetivos, metas e indicadores estratégicos?

    1. Lucas, acredito que você tenha de fazer o desdobramento dos indicadores estratégicos, e aí cada área, time ou setor trabalha encima desses indicadores, fazendo planos de ação e etc.

  6. oi marcella peradelles
    qual é a solução para uma empresa que estar no vermelho há seis meses.
    usando o plajenamento estrategico,tático e operacional para a empresa se reeger?

    1. Janine, nesse caso, acredito que o planejamento estratégico seja uma parte do trabalho. Inclusive porque para um planejamento verdadeiro, você vai precisar fazer um levantamento de contexto, no seu caso um diagnóstico, e isso ajuda a entender a situação e atuar de forma mais focada.

  7. Dentro do processo administrativo há três tipo planejamentos: estratégico, tático é operacional. Qual deles refere-se apenas a uma tarefa ou operação e apresenta um conteúdo detalhado, específico e analítico?

  8. Bom dia.
    Marcela

    Desde a minha formação em 80, nunca pude imaginar as várias mudanças e transformações que ocorreram ao longo desse período.
    Tive a sorte de poder estar com grandes mentes pensantes, e de um enorme contingente de pessoas que serviram-nos de referência, outras exemplos, e tantas outras lições de vida.
    Agradeço o excelente artigo, me fez relembrarinhas aulas de administração.
    Muito obrigado mesmo, é bom trabalho.
    Sucesso.

  9. Andre Luiz Soares Barbosa

    Podemos dizer que os colaboradores de “nível operacional” de sistema de informação de uma empresa, que irão executar as decisões tomadas pelos demais níveis. Gerencial, executivo, tatico e estratégico?

  10. as atividades do planejamento e controle da produção, correspondem ao nível estratégico, como menciona Tubino ou pertencem ao nível tático e operacional. De Acordo com tubino o plano agregado é feito pelo planejamento estratégico. Gostaria de saber em que bibliografia esta baseado seu texto. obrigado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Blog da Qualidade

Artigos relacionados

ocorrênias 500x800

deixou de acompanhar as ações de
um projeto e ATRASOU a entrega?

O Qualitfy pode ajudar