Blog da Qualidade

WEBINAR AO VIVO
Dia 05 de Abril 10h00min

Entenda o que é a matriz QFD e qual é a sua importância!

Receba Nossa News

Os conteúdos mais legais sobre qualidade, semanalmente em seu e-mail

Todos os dados inseridos aqui, estão resguardados pela Política de Privacidade da ForLogic, totalmente adequada a LGPD e ISO 27001 (Segurança da Informação).

Thiago Coutinho

Thiago Coutinho

+ posts

Formado em Engenharia de Produção, pós-graduado em estatística e mestre em administração pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). Black Belt em Lean Six Sigma, trabalhou com metodologias para redução de custos e otimização de processos na Votorantim Metais, ingressando posteriormente na MRS Logística como trainee, onde ocupou posições de gestor e especialista em melhoria contínua. Com certificação Microsoft Office Specialist (MOS®) e Auditor Lead Assessor ISO 9001, atendeu a diversas empresas em projetos de consultoria, além de treinamentos e palestras relacionadas a Lean Seis Sigma, Carreira e Empreendedorismo em congressos de renome nacional como o ENEGEP (Encontro Nacional de Engenharia de Produção) e internacional como Congresso Internacional Six Sigma Brasil. No ambiente acadêmico atua como professor de cursos de Graduação e Especialização nas áreas de Gestão e Empreendedorismo. Empreendedor serial, teve a oportunidade de participar de empreendimentos em diversos segmentos. Fundador do Grupo Voitto, foi selecionado no Programa Promessas Endeavor, tendo a oportunidade de receber valiosas mentorias para aceleração de seus negócios. Atualmente é mentor de empresas e se dedica à frente executiva da Voitto, carregando com seu time a visão de ser a maior e melhor escola on-line de gestão do Brasil.

A Matriz QFD é uma ferramenta da qualidade que auxilia na ação de  trazer a voz do cliente para os processos dentro da empresa, garantindo fatores de qualidade essenciais. Entenda melhor!

Conheça a ferramenta que traduz a voz do cliente para o processo: Matriz QFD

Trazer a voz do cliente para os processos da empresa é de extrema importância, mas você sabe o por quê?

A ferramenta QFD possui grande importância, seu principal objetivo é trazer a voz do cliente (VOC) para o processo, transformando pontos de necessidade do cliente em pontos específicos de qualidade do produto fabricado.

Portanto, essa ferramenta ressalta a necessidade do cliente em pontos e faz com que o produto desenvolvido tenha esses pontos como suas principais características, gerando maior satisfação do cliente e aumentando a competitividade entre as empresas.

A sigla QFD (Quality Function Deployment), possui tradução: Desdobramento da Função da Qualidade e nasceu em 1966 no Japão com Yoji Akao, mas na prática só foi testada em 1972 na empresa Mitsubishi Heavy.

Ela foi amplamente popularizada a partir de 1983 após sua chegada aos EUA, grandes empresas como a Ford e a Xerox aderiram essa ferramenta.

A partir desse marco, diversas empresas começaram a implementar essa ferramenta aumentando a qualidade do produto e a competitividade de mercado.

Quer saber mais sobre a matriz QFD? Acompanhe o texto pelos tópicos a seguir!

  • O que é a matriz QFD?
  • Quais os benefícios da QFD?
  • Como aplicar a matriz QFD?

O que é a matriz QFD?

A ferramenta QFD tem como objetivo a priorização das vontades dos clientes, implementando elas no produto que será fabricado. Tal implementação é realizada por meio de uma matriz que correlaciona diversos fatores, tornando visível os pontos de maior importância para realização do objetivo. 

Portanto, ela converte as necessidades e exigências dos clientes em características de qualidade para o produto realizado.

A QFD faz análises para descobrir os principais pontos que devem ser focados nos produtos, transformando os processos de produção e fazendo alterações nos mesmo para o produto atingir o patamar requerido.

Sendo assim, a QFD é considerada uma ferramenta de melhoria contínua e seu principal foco é o cliente e as vontades dele.

Por exemplo, caso o tempo de finalização dos produtos e serviços sejam muito altos para os requisitos do cliente, o método QFD pode atuar na redução do tempo dos mesmo, alinhando tais necessidades com a equipe de desenvolvimento e com os técnicos do produto.

As aplicações são inúmeras e os benefícios maiores ainda, quer saber mais deles? Veja o próximo parágrafo!

Quais os benefícios da QFD?

Os principais benefícios do uso da QFD está ligado ao cliente e ao valor que nosso produto terá para ele. Quando uma empresa tem como foco o cliente, se torna mais possível realizar as exigências deles.

Por consequência o produto poderá ter maior credibilidade no mercado, aumentando a concorrência e as vendas, gerando lucro e visibilidade para a marca.

Diminuindo também o número de reclamações, devoluções e também de erros e defeitos, pois o foco da ferramenta é a satisfação do cliente, portanto são pontos de extrema importância, assim como também o tempo de desenvolvimento e de processos dos projetos.

Outro benefício é o comprometimento das equipes, diversas equipes com objetivos semelhantes que é o foco no cliente, faz com que elas trabalhem melhor juntas e mais comprometidas, aumentando a comunicação entre elas e a qualidade de todo trabalho.

Claro que os benefícios não param aí, no dia-a-dia de uma empresa que utiliza essa ferramenta aparecem diversas situações que a QFD auxilia, facilita e gera resultados e benefícios para a empresa.

Mas você deve estar se perguntando como conseguir todos esses resultados incríveis, no próximo tópico vamos dar dicas de como aplicar a matriz QFD, um processo também conhecido como casa da qualidade!

Como aplicar a matriz QFD?

A matriz QFD também é chamada de casa da qualidade e o motivo desse nome se torna intuitivo. Imagine uma casa, para ela ser construída é necessário formar suas estruturas antes e é assim que a casa da qualidade funciona.

Cada “estrutura” da casa são perguntas e ações que devem ser tomadas e analisadas para construir a casa com a qualidade exigida, veja a imagem abaixo com as estruturas formadas.

matriz-qfd-img1

Onde em 1 temos os requisitos do cliente, sendo os requisitos que o cliente exige ter em seu projeto.

Os requisitos do projeto estão atrelados ao que a equipe técnica considera importante para agregar valor ao produto.

A matriz de relação classifica em forte, médio e fraco a relação entre os requisitos dos itens 1 e 2.

O teto da casa de qualidade é o tópico 4, nele é feita a correlação entre os requisitos do projeto, são classificados entre positiva forte, positiva, negativa e negativa forte.

As especificações técnicas (5) servem para mensurar o projeto, por exemplo, reais, metros, quilos, entre outros.

Em 6 têm-se um benchmarking com concorrentes do mesmo ramo, onde são atribuídas notas para cada requisito do cliente.

E por fim, em 7, temos um benchmarking interno realizado pelos técnicos da empresa, onde avaliam os requisitos do projeto.

Para entender melhor veja um exemplo com a casa da qualidade preenchida, o exemplo será referente a uma sorveteria. Repare que com as relações preenchidas fica fácil identificar quais são os principais requisitos que o produto deve possuir.

matriz-qfd-img-2

E aí, o que achou dessa ferramenta? Viu como ela facilita integrar a voz do cliente no projeto? É de extrema importância para pequenos e grandes negócios!

Já que você possui um alto interesse em metodologias de qualidade que tal se aprofundar no Lean Manufacturing? É uma metodologia que foca nas causas e soluções de problemas internos, melhorando a qualidade de todo um processo. Corre ver porque o curso está gratuito

Idealizado por Forlogic | www.forlogic.net
Saiba mais sobre qualidade em http://ferramentasdaqualidade.org/
Conheça nossos softwares:
Gestão da Qualidade https://qualiex.com/ | Gestão da Metrologia https://metroex.com.br/

Sobre o autor (a)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Blog da Qualidade

Artigos relacionados

ocorrênias 500x800

deixou de acompanhar as ações de
um projeto e ATRASOU a entrega?

O Qualitfy pode ajudar