Blog da Qualidade

Qualidade: A responsabilidade é de todos!

Receba Nossa News

Os conteúdos mais legais sobre qualidade, semanalmente em seu e-mail

    Todos os dados inseridos aqui, estão resguardados pela Política de Privacidade da ForLogic, totalmente adequada a LGPD e ISO 27001 (Segurança da Informação).

    Daiany

    Daiany

    Website | + posts

    Líder de implantação MPS-BR e ISO:9001 no Grupo Forlogic. Tecnóloga em Análise e Desenvolvimento de Sistemas pela UTFPR, e pós-graduada em Testes de Software pela UEL. Mais informações no Linkedin.

    Diante de toda polêmica do post “A culpa é do Profissional Qualidade!“, resolvi compartilhar o que penso sobre o assunto. Quero começar reafirmando que a culpa pode até ser em partes do profissional da Qualidade, mas como diz o velho ditado “uma andorinha não faz verão”. A responsabilidade do representante da direção é grande, o mesmo deve assegurar a execução dos processos do sistema de gestão da qualidade além de controla-los e melhora-los. Para isso ele precisa de qualidades como liderança, conhecimento das pessoas e da empresa, boa comunicação, persuasão e negociação, a direção deve dar a ele a autoridade de estabelecer os processos, solicitar melhorias e realizar cobranças sobre essas, para que o mesmo consiga assegurar a conscientização sobre os requisitos do cliente. Mas mesmo quando esse profissional executa seu trabalho com sucesso, ele precisa da colaboração de todos, todos devem estar comprometidos com as mudanças, melhorias e atendimento aos requisitos. A ISO 9001:2008 tem um requisito inteiro, o requisito 5, que descreve como deve ser o comprometimento da direção, sem esse o profissional da qualidade não irá conseguir fazer nada. O profissional da qualidade documenta os processos, mas o mesmo não é responsável na execução de todos.
    A ISO 9001: 2015 prevê a retirada do papel representante da direção, acredito que para amenizar essa ideia de que a responsabilidade é de apenas uma pessoa, ou seja, não será obrigatório designar o posto, pois a própria direção em conjunto poderá fazer as funções e assumir as suas responsabilidades. Para que uma empresa tenha sucesso é preciso trabalhar em equipe, cada um executando a atividade que lhe cabe, se preocupando no impacto que isso tem nas atividades dos outros. A qualidade deve ser compromisso de todos. Graças a Deus trabalho em uma empresa onde respiramos qualidade, onde a direção e todos os colaboradores são comprometidos. Tiramos certificações como: MPS-BR nível F, ITMarK, MPE e seremos avaliados em Moprosoft e ISO 9001 ainda esse ano, e isso não é culpa somente do profissional da qualidade e sim de um trabalho em equipe com pessoas qualificadas e comprometidas. E o melhor de tudo é que nossos certificados não ficam somente na parede, aprendemos mais a cada certificação, melhoramos mais nossos processos e a empresa cresce visivelmente. Artigo #1: Não aguento mais os caras chatos da Qualidade! Artigo #2: A culpa é do profissional da Qualidade! Artigo #3: Qualidade: A responsabilidade é de todos!

    Sobre o autor (a)

    11 comentários em “Qualidade: A responsabilidade é de todos!”

    1. Pois é, eu que o diga. Sofro bastante na empresa que trabalho por falta de comprmetimento da própria diretoria que vive no fantástico mundo de Bob, pois só se interessam em praticar a qualidade quando está perto da auditoria externa. Os colaboradores até tentam, mas como a própria diretoria é a primeira a burlar os procedimentos, eles tem que fazer o que é mandado

      1. Poxa, que triste esse seu comentário. Mas isso ilustra como a coisa “não deve ser”. Se a qualidade não for estratégica na empresa, ela pode ter alguns problemas no futuro… Você já falou isso para usa direção? Já apontou pra eles como se sente, o que você sugere?
        abraços,

      2. Infelizmente eles existem, e aos montes, principalmente em pequenas e médias empresas onde o faturamento fala mais alto. O que eles não entendem é que o processo vai definhando, pois quando os colaboradores do chão de fábrica percebem que os próprios diretores não se preocupam com a qualidade, eles acabam se contaminando. Mas quem sai perdendo no final das contas? Todos, literalmente. Principalmente a própria empresa que começa a ruir a imagem de qualidade existente e dentro de um médio a longo prazo ela não conseguirá mais sobreviver. Por isso somos os vilões sempre. Porque cuidamos para que este vírus não se espalhe na organização. Mas é preciso muita determinação e persuasão, e gradativamente através de treinamentos motivacionais de qualidade, exemplos práticos e diretos dos efeitos catastróficos da não qualidade temos a incumbência de alinhar e talvez até influenciar positivamente nossos patrões.

    2. Parabéns pelo artigo!
      acrescento a lista de culpados: Deve sempre começar pela primeira pessoa do singular, quanto todos tiverem esta visão….existirá sempre solução e não problemas..ou “culpados”

    3. Excelente o seu artigo Daiany,… muito bom mesmo. A responsabilidade precisa ser de todos, você está certíssima. O nosso trabalho é conseguir envolver todos na qualidade de maneira sistêmica, para que se sintam parte da solução, e não parte do problema. É isso aí! 😉

    4. Juliane Mateus Costa

      Parabéns, Daiany! Encontrei seu artigo justamente enquanto procurava argumentos para escrever uma matéria sobre a responsabilidade de todos na qualidade do software. Mundo pequeno!
      Muito sucesso para você, minha amiga.

    5. Pingback: A culpa é do profissional da Qualidade! - Blog da Qualidade

    6. Pingback: Não aguento mais os caras chatos da Qualidade! - Blog da Qualidade

    7. Pingback: Modelo Kano: Você conhece as necessidades dos seus clientes? - Blog da Qualidade

    8. Pingback: Auditorias: tensão ou solução? - Blog da Qualidade

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Blog da Qualidade

    Artigos relacionados

    Planos 500x800

    Já elaborou um super PLANO DE AÇÃO que não foi executado a tempo?

    O Qualiex pode te AJUDAR!