Blog da Qualidade

WEBINAR AO VIVO
Dia 05 de Abril 10h00min

#102 – Como começar a governança corporativa na sua empresa?

Receba Nossa News

Os conteúdos mais legais sobre qualidade, semanalmente em seu e-mail

Todos os dados inseridos aqui, estão resguardados pela Política de Privacidade da ForLogic, totalmente adequada a LGPD e ISO 27001 (Segurança da Informação).

Tiffany Palugan

Tiffany Palugan

Graduanda em Letras - Português/Inglês e sou conteudista no Marketing da ForLogic! Acredito no poder da autodisciplina e constância em tarefas dentro ou fora do campo profissional, pois é através delas que conseguimos viver a qualidade e excelência seguindo sempre os nossos valores em todas as áreas da vida.

Neste episódio, nossos Qualicasters explicam como começar a governança corporativa na sua empresa. Para falar sobre o assunto, receberam um convidado mais que especial: Wanderlei Passarella. Ele tem trinta anos de experiência como CEO na criação e desenvolvimento de novos negócios, gestão e reestruturação de empresas. Se quiser saber mais sobre o convidado, acesse o LinkedIn.

Segue as perguntas respondidas no Qualicast episódio #102, boa leitura!

Governança: é somente para grandes empresas? 

Em síntese, governar é diferente de gerir.  Portanto, governar tem mais a ver com processos estruturados, onde olhamos o direcionamento da empresa, e garantimos que ela esteja controlada e dentro dos limites (ética, compliance, riscos).

Contudo, os governantes  e acionistas precisam tomar decisões sobre coisas muito importantes, mas não urgentes (já que se reúnem esporadicamente). Pois, eles veem coisas que são procrastinadas, então: a estratégia, a saúde da empresa, questões de liderança, desempenho, sucessão são pautas naturais que vão para o conselho decidir. 

A gestão está no dia a dia, ela implanta todos os planos, executa táticas, e busca a eficácia e eficiência de processos internos, enquanto a governança olha mais para os objetivos a longo prazo, criando valor.

Quando pensamos em organizações que precisam de governança, existe a falsa ideia de ser só para grandes empresas e de capital aberto (essas são obrigadas por lei) enquanto as de capital fechado e startups não são obrigadas a ter. A governança ajuda no processo de direcionamento e a gestão a se preparar melhor para os desafios do dia a dia.

Qual é o verdadeiro valor e retorno trazido pela Governança Corporativa?

Primeiramente, tem valores monetários e não monetários (que são consequência de uma boa aplicação). O primeiro valor que vemos é disciplina, há muitas empresas que trabalham de forma indisciplinada, sendo mais reativo. Com a disciplina nós temos uma empresa reativa e proativa, que traz para empresa a  mentalidade de criação de valor (qual o valor empresa, o que ele precisa para  aumentar esse valor, como gerar valor para os stakeholders). Contudo, a governança não depende de hierarquia, ela é uma melhoria de estrutura organizacional.

Para ter governança é necessário um conselho de administração?

Desde já adianto que não, mas pode haver um conselho consultivo, mentor externo com um modelo de evolução até a chegada de um modelo mais maduro/robusto.

O conselho de administração consta no contrato social da empresa como um órgão decisório e deliberativo. O consultivo exerce um papel semelhante ao de administração, mas não consta como um órgão deliberativo, ele ajuda no processo de tomada de decisões, decisões essas que são assinadas e corroboradas por aqueles que têm direito de assinar pela companhia.

Em suma, é possível implantar governança corporativa em qualquer empresa. Efim, existe todo um caminho a ser construído para encontrar um modelo que se adapta melhor no agora e no onde se quer chegar.

Há pré condições para uma empresa começar?

Sim, algumas. Nesse sentido a condição principal de seus acionistas é querer, e mesmo assim ainda há alguns boicotes inconscientes, eles precisam querer e acreditar que terão bons resultados. Portanto, isso depende muito do nível de conhecimento e consciência de cada acionista. É necessário também uma preparação documental, na estrutura da empresa.

Quais são os passos principais para se implantar uma Governança Corporativa?

Os  principais passos para se implantar uma Governança Corporativa é :

  • ter o conhecimento;
  • entender como a governança funciona;
  • vontade e estar disposto;
  • ajudar na estruturação;
  • ser profissional;
  • ter equipe com  profissionais que atuarão da melhor forma;
  • e enfim não se limitar com os custos.

Em sua experiência, o que dizem os Empresários, após 3 a 5 anos que implantaram os seus Conselhos? 

Antes de mais nada “Por que eu não fiz isso antes?” Já que conseguem ver tantos benefícios com resultados fantásticos e reais.  Suas limitações não são só de competências, podem ser emocionais também, e quando a governança impacta nesses aspectos, as empresas veem que realmente vale a pena. 

“A chave do sucesso nos negócios é perceber aonde o mundo se dirige e chegar ali primeiro.” Bill Gates

Ouça o episódio na íntegra:


Idealizado por Forlogic | www.forlogic.net
Saiba mais sobre qualidade em http://ferramentasdaqualidade.org/
Conheça nosso software para Gestão da Qualidade https://qualiex.com/

 

Sobre o autor (a)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Blog da Qualidade

Artigos relacionados