Blog da Qualidade

Scrum: o que é e quando usar

Receba Nossa News

Os conteúdos mais legais sobre qualidade, semanalmente em seu e-mail

Todos os dados inseridos aqui, estão resguardados pela Política de Privacidade da ForLogic, totalmente adequada a LGPD e ISO 27001 (Segurança da Informação).

Juliana Geremias

Juliana Geremias

+ posts

Graduada em Administração de Empresas, MBA em Gestão da Qualidade e Auditora Líder ISO 9001. "Qualidade é o resultado de um ambiente cultural cuidadosamente construído. Tem que ser o tecido da organização, não parte do tecido." Phil Crosby

Neste post vamos falar sobre o Método Scrum. Vamos explicar o que é, quando utilizá-lo, como ele funciona e quais são os benefícios de adotá-lo.

Ah! Se na sua empresa você está tendo dificuldades para integrar equipes diversas que precisam trabalhar juntas para encontrar soluções, este artigo é exatamente o que você precisa. Então, aproveite a leitura.

O que é Scrum?

Resumidamente podemos dizer que Scrum é um conjunto de ações para Gestão de projetos de alta performance ou complexidade. Trata-se de uma metodologia que otimiza recursos, custos e tempo.

Sua estrutura reúne práticas, ferramentas e princípios para orientar equipes a organizarem-se com foco na adaptação. Ou seja, com ela os profissionais conseguem trabalhar de maneira conjunta para resolver problemas de uma maneira criativa e adaptável.

O framework de raízes japonesas divide o trabalho em iterações menores, conhecidas como sprints, que geralmente duram de duas a quatro semanas. Durante cada sprint, uma equipe multifuncional trabalha em conjunto para alcançar um objetivo específico.

Quando usar o Método Scrum?

O Scrum visa organizar equipes tornando os processos mais eficientes, otimizando a execução de projetos. Enfim, o método brilha em projetos complexos e dinâmicos, onde os requisitos estão sujeitos a mudanças frequentes.

Aqui estão algumas situações em que o Scrum se destaca:

Desenvolvimento de Software: O Scrum é uma abordagem iterativa. Ele se adapta facilmente às mudanças de requisitos e prioridades. Pode ser usado desde a criação de um aplicativo móvel até a criação de um sistema de gerenciamento empresarial.

Marketing Digital: Campanhas de marketing muitas vezes exigem rapidez e flexibilidade para responder às tendências do mercado. O Scrum permite, por exemplo, que as equipes de marketing planejem, executem e otimizem suas estratégias de maneira ágil.

Desenvolvimento de Produtos: O Scrum ajuda as equipes de desenvolvimento de produtos a manterem o foco nos objetivos do cliente. Ele também auxilia na entrega de valor de forma gradual, desde o início até o lançamento.

Como o Scrum funciona

Papéis do Scrum:

  • Product Owner: “Representante dos stakeholders”, defende os interesses das partes interessadas e define as prioridades do backlog do produto.
  • Scrum Master: “Facilitador”, tem o papel de facilitar o processo Scrum, removendo impedimentos e protegendo a equipe contra interferências externas.
  • Equipe de Desenvolvimento: Profissionais multifuncionais responsáveis por transformar os itens do backlog do produto em incrementos de trabalho concluídos.

Eventos do Scrum:

  • Sprint Planning: Reunião no início de cada sprint para definir o objetivo da sprint e selecionar as atividades a serem realizadas.
  • Daily Scrum: Breve reunião diária para sincronizar o progresso e identificar quaisquer obstáculos.
  • Sprint Review: Demonstrações do trabalho concluído ao final de cada sprint para obter feedback das partes interessadas.
  • Sprint Retrospective: Reflexão sobre a sprint recente para identificar melhorias no processo.

Artefatos do Scrum:

  • Backlog do Produto: Lista priorizada de todas as funcionalidades desejadas do produto.
  • Backlog do Sprint: Subset do backlog do produto que contém as tarefas a serem realizadas durante a sprint atual.
  • Incremento: Versão funcional do produto que é entregue ao final de cada sprint.

Vantagens de usar o Scrum

Algumas vantagens do uso do método Scrum inclui:

  • Agilidade: O Scrum permite que as equipes respondam rapidamente às mudanças nos requisitos do projeto, mantendo o foco no valor entregue ao cliente.
  • Transparência: Todos os envolvidos têm visibilidade do progresso do projeto, promovendo a confiança e a colaboração.
  • Gerar Valor para o Cliente: Ao focar nas coisas mais importantes, o método ajuda as equipes a alcançarem resultados concretos mais rapidamente e com mais frequência.
  • Engajamento da Equipe: As equipes autogerenciadas do Scrum têm mais autonomia e responsabilidade, o que muitas vezes leva a um maior engajamento e satisfação no trabalho.
  • Redução de Riscos: A abordagem iterativa do Scrum permite que os problemas sejam identificados e corrigidos mais cedo no processo, reduzindo assim o risco de falha do projeto.

Pilares do Método Scrum

Pilares do Método Scrum

Para entender bem o método é importante entender bem seus 3 pilares, são eles:

  • Transparência: Fazer com que todos os envolvidos tenham conhecimento dos processos, requisitos de entrega e do andamento do projeto.
  • Inspeção: Acompanhar o progresso do projeto para saber se tudo está caminhando conforme o esperado ou se alguma mudança precisa ser feita
  • Adaptação: realizar mudanças sempre que necessário para garantir o resultado esperado.

SCRUM na prática:

Vou deixar um exemplo, breve e simples, de como o Scrum pode ser aplicado na prática:

Imagine uma equipe de desenvolvimento de software que está usando o Scrum para criar um aplicativo de gerenciamento de tarefas.

Planejamento Inicial:

  1. Formação da Equipe: O Product Owner reúne uma equipe multifuncional composta por desenvolvedores, designers e testadores.
  2. Definição do Backlog do Produto: O Product Owner trabalha com as partes interessadas para identificar e priorizar os recursos desejados para o aplicativo. Isso é documentado no backlog do produto.
  3. Sprint 1 _ Planejamento: A equipe realiza uma reunião de planejamento de sprint para selecionar as tarefas do backlog do produto que serão incluídas na sprint inicial. Eles estimam o esforço necessário para completar cada tarefa e definem o objetivo da sprint.

Execução do Sprint:

  1. Daily Scrum: A equipe realiza reuniões diárias curtas para compartilhar o progresso, discutir qualquer obstáculo e ajustar o plano conforme necessário.
  2. Desenvolvimento Iterativo: Durante a sprint, a equipe trabalha em colaboração para desenvolver as funcionalidades selecionadas. Eles se esforçam para completar as tarefas dentro do prazo definido, geralmente duas semanas.
  3. Feedback: O Product Owner está sempre presente, fornecendo feedback à equipe sobre o progresso e realizando ajustes no backlog do produto conforme necessário.

Revisão da Sprint:

  • Demonstração do produto: No final da sprint, a equipe realiza uma revisão da sprint. Eles mostram as funcionalidades completas ao Product Owner e outras partes interessados.
  • Após a demonstração, a equipe realiza uma retrospectiva da sprint. Eles refletem sobre o que deu certo, o que poderia ser melhorado e identificam ações para a próximo sprint.

Ciclo de Iterações:

  • Sprints Subsequentes: O processo se repete para cada sprint subsequente, com a equipe refinando continuamente o produto e incorporando feedback para melhorar o processo.
  • Adaptação Constante: À medida que o projeto avança, a equipe e o Product Owner continuam a adaptar o plano conforme novas informações surgem ou os requisitos mudam.

Essa é apenas uma visão geral simplificada de como o Scrum pode ser aplicado na prática. Enfim, cada equipe e projeto são únicos, então a aplicação do Scrum pode variar dependendo das circunstâncias específicas.

O Scrum permite que as equipes se adaptem e evoluam para atender às suas necessidades individuais. Elas continuam entregando valor ao cliente de forma constante.

Abaixo deixei uma figura que encontrei na internet que ilustra muito bem o método

Ilustração do Scrum
Fonte da imagem Scrum: veja como usar essa abordagem ágil nos negócios (gs1br.org)

Muito além de uma metodologia de gestão de projetos.

O Scrum não é apenas uma metodologia de gestão de projetos. É também uma filosofia que promove a excelência, a colaboração e a entrega contínua de valor.

Então, se você está pronto para transformar a maneira como você trabalha, o Scrum pode ser o seu bilhete para o sucesso.

Experimente e descubra como desbloquear todo o potencial da sua equipe. E não deixe de dizer o que achou do método aqui nos comentários. 😊

Qualiex: O melhor Software para a Gestão da Qualidade!

Gostou das dicas sobreo método Scrum? Com a ajuda do Qualiex você consegue fazer uma gestão sistêmica e profissional dos processos em sua empresa. Elimine planilhas, ganhe tempo, garanta a conformidade com os requisitos aplicáveis e foque seus recursos no que realmente importa.

E tem mais: Se você é pequena empresa pode contar com a tecnologia Qualiex disponível sob medida para sua organização. O Qualitfy é perfeito para encaixar no orçamento de sua pequena empresa e fazer ela conquistar os resultados que busca.

Além de sermos o melhor software para gestão da qualidade, te ajudamos com cursos de especialistas voltados à gestão, qualidade e excelência por meio da Saber Gestão. Por isso, não perca mais tempo, entre em contato conosco!

Sobre o autor (a)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blog da Qualidade

Artigos relacionados