Ferramentas da qualidade

Lean Manufacturing ? Produção Enxuta

Imprimir artigo

O conceito de lean manufacturing (produção enxuta) surgiu em decorrência do livro ?A máquina que mudou o mundo?, que aborda muito bem sobre esse tipo de sistema.

Quando falamos sobre produção enxuta temos como referência a montadora de automóveis Toyota, que criou seu próprio sistema de produção e obteve resultados surpreendentes comparados aos resultados obtidos pelas montadoras norte americanas e europeias, que utilizavam naquela época o tradicional sistema de produção em massa. Atualmente empresas como a Ford, GM, Chrysler e empresas de outras áreas como metalurgia, aeroespacial e de bens de consumo, criaram sistemas de produção similares ao da Toyota.

No sistema de produção enxuta várias ferramentas e técnicas são utilizadas, tais como: Kanban, Circulos de Controle de Qualidade (CCQ),  Quality Function Deployment (QFD), células de produção, entre outras; de forma integrada, permitindo que a produção seja extremamente flexível e adaptável apesar de suas especificações.

Por exemplo, a gerência da Toyota reconhece que os maiores problemas estão nos detalhes, pois isso garante que o trabalho seja altamente especificado. Quando um banco é montado num carro, todos os parafusos são apertados na mesma sequência, num mesmo tempo e no torque correto. Esse tipo de especificação é válido para todas as atividades e níveis hierárquicos da empresa, o que facilita ao funcionário saber se está realizando sua tarefa corretamente, o que reduz a variação no processo e permite que correções sejam feitas imediatamente no caso de desvios.

ALGUMAS CONSIDERAÇÕES SOBRE A IMPLANTAÇÃO DE UM SISTEMA DE PRODUÇÃO ENXUTA

O sistema de produção enxuta é um tanto complexo, o que o torna de difícil implantação. É comum o insucesso na implantação desse sistema, pois muitas empresas acreditam tê-lo implantado aplicando apenas algumas ferramentas em uso, ou departamentos específicos operando em parte neste tipo de sistema. Também vemos casos de empresas que dizem trabalhar com o sistema just-in-time, mas aplicá-lo somente em rearranjos de estoques.

No sistema de produção enxuta procura-se à perfeição, que dificilmente é alcançada pois conforme os desperdícios vão sendo removidos, outros não tão significativos surgem. Mesmo assim a perfeição é um objetivo a ser seguido na produção enxuta, pois todas as técnicas utilizadas nos processos proporcionam cada vez mais sua melhoria.

Empresas que trabalham com os sistemas de produção enxuta tem uma noção muito mais clara de pessoas ou produtos, e isso as motiva para realizar melhorias contínuas muito mais do que para cumprir somente as especificações do cliente.

 

MARTINS, Petrônio G. LAUGENI, Fernando Piero. Administração da produção. São Paulo: Saraiva, 2006.

Autor

Comentários

Posts Relacionados

← Post mais recente
Teoria das Restrições