Blog da Qualidade

Prêmio MPE: Práticas de Qualidade

Receba Nossa News

Os conteúdos mais legais sobre qualidade, semanalmente em seu e-mail

Todos os dados inseridos aqui, estão resguardados pela Política de Privacidade da ForLogic, totalmente adequada a LGPD e ISO 27001 (Segurança da Informação).

Jeison

Jeison

Sou co-fundador da ForLogic Software, hoje atuo com gente, cultura e gestão. Sou um dos criadores do Qualiex, do Qualicast (o 1º Podcast nacional focado em qualidade), criador do Blog da Qualidade (o maior blog sobre Qualidade do Brasil). Mestre em Engenharia da Produção pela UTFPR (Universidade Tecnológica Federal do Paraná), auditor líder formado com orgulho pela ATSGna ISO9001 e 22000, pai, empreendedor, e um inconformado de plantão!
Acredito na responsabilidade do indivíduo, no poder da qualidade e que podemos fazer diferente. Me acompanhe no Linkedin e no Instagram.

O MPE é um prêmio de excelência em gestão, tem tudo a ver com qualidade. É verdade que o MPE é apenas para micro e pequenas empresas, mas as lições que ele leva através das suas práticas, podem e deveriam ser utilizadas por empresas de todos os tamanhos para buscar a excelência.
E para ter uma ideia vou falar do 6º. Seminário Nacional MPE Brasil, começando pela mesa de abertura. Geralmente essas mesas além de chatas, são sem conteúdo, no seminário isso foi muito diferente, os discursos foram inspiradores.
O Sr. Carlos Alberto dos Santos do SEBRAE Nacional, mencionou que a empresa que participa pela 3ª. vez do prêmio, está em média com o nível de gestão 50% mais maduro que as empresas que participam da primeira vez, ou seja, em dois anos depois da primeira participação a empresa que continua participando cresce 50% em maturidade de gestão, isso é absurdamente bom!
A Sra. Isabel Reis da Gerdau lembrou que com o diagnóstico do prêmio é possível implantar melhorias, identificar pontos falhos e torná-los em resultado, incentivando com isso sistemas de gestão nas MPEs, com isso o troféu se transforma em um símbolo, pois o grande ouro do prêmio, é o diagnóstico, saber como está a gestão e depois entender como melhorar.
As palavras do Sr. Jairo Martins ? superintendente fundação nacional da qualidade, foram também excelentes, onde ele lembrou que toda organização existe para gerar valor para a sociedade, e que a produtividade é pontual, ela vem através de pessoas, produtos e processos, mas que competitividade é sistêmica, e depende também do ambiente em que a empresa atua.
Em resumo, pude tirar lições valiosas do seminário que vou resumir em tópicos.

  1. Empresas que participam do prêmio, no 3º. Ano estão com a gestão 50% melhor que no primeiro
  2. O diagnóstico, que é gratuito, é uma ferramenta para fazer as empresas crescerem e pensarem a sua gestão
  3. A empresa precisa ser produtiva e competitiva, mas para ser competitiva depende do ambiente governo, infraestrutura, impostos, mercado, ou seja, estar ligada nas tendências do ambiente externo.

Por isso volto a convidar todas as empresas a participarem do MPE nos seus respectivos estados e quem sabe escreverem para o blog no próximo ano contando como foi participar do 7º. Seminário MPE Brasil.

Sobre o autor (a)

1 comentário em “Prêmio MPE: Práticas de Qualidade”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blog da Qualidade

Artigos relacionados