Gestão de processos

Administração da Produtividade

Imprimir artigo

A administração da produtividade é um processo de gestão, que envolve todos os níveis de gerência e colaboradores, através da redução de custos de manufatura, distribuição e venda de um produto ou serviço através da integração de quatro fatores: medida, avaliação, planejamento e melhoria. Outro fator que pode influenciar nesse tema é o Layout nas operações Produtivas, onde estuda-se a localização física dos recursos de transformação.

A produtividade é a procura incessante por melhores métodos de trabalho e processos de produção, com o objetivo de obter melhorias com o menor custo possível e é claro, sem deixar de lado a qualidade.  A produtividade é considerada a relação do produto/serviço produzido e o custo dos insumos para produzi-lo. Assim, a produtividade depende essencialmente do output, ou seja, o numerador da fração, e do input, isto é, o denominador.

Podemos representar a produtividade da seguinte maneira:

 

 PRODUTIVIDADE = OUTPUT/INPUT

 

Existem vários aspectos que influenciam na produtividade da organização, por exemplo: os colaboradores, os processos, os métodos utilizados, a concorrência, etc., pois colaboradores sem treinamento, desmotivados, vão produzir menos; processos sem métodos definidos e sem controle, produzirão quantidades menores e gerarão produtos defeituosos; a concorrência, que muitas vezes consegue parcelas expressivas do mercado, influenciando na produtividade.

Na verdade, precisamos estar atentos aos aspectos que influenciam diretamente a produtividade, gerindo-os eficazmente para podermos aproveitar melhor todos os recursos disponíveis para a produção, pois a produtividade não significa somente produzir cada vez mais e sim saber utilizar-se dos recursos de maneira eficiente e eficaz, gerando produtos de qualidade e atendendo desta forma, as necessidades dos clientes.

 

CLASSIFICAÇÃO DA PRODUTIVIDADE

A produtividade pode ser classificada como parcial e total.

  • Produtividade parcial: é a relação entre o produzido, medido de alguma forma e o consumido de um dos recursos (insumos) utilizados na produção. Por exemplo: produtividade da mão-de-obra, produtividade do capital.
  • Produtividade total: é a relação entre o output total e a soma de todos os fatores de input. Reflete o impacto conjunto de todos os fatores de input na produção do output.

 

Avaliar a produtividade e compará-la com a de outras empresas, concorrentes ou não, é uma ação contínua entre as organizações. Devemos medir a produtividade através de métodos adequados, utilizando dados já existentes ou coletando novos. Uma vez medida, pode ser comparada com indices equivalentes de outras empresas.

Através dos niveis identificados das comparações realizadas, podemos planejar os níveis a serem atingidos, propondo ações e introduzindo melhorias.

 

REFERÊNCIA

MARTINS, PETRÔNIO G.; LAUGENI. Fernando P. Administração da Produção. São Paulo : Saraiva, 5ª Ed., 2005.

 

Autor

Comentários

Posts Relacionados

← Post mais recente
Qual é o seu posicionamento de mercado?