Cultura organizacional

A excelência, o feito e o perfeito: o que é melhor?

Foto de uma pessoa percorrendo uma longa estrada, simbolizando o 1º passo na busca pela excelência.
Imprimir artigo

O feito é melhor do que o perfeito“.

Escutei essa frase uma vez. E alguma coisa nela me incomodou. Depois de refletir um pouco, percebi que era por causa da palavra MELHOR no meio dela. Por mais que seja um gatilho motivador “VAI LÁ, FAÇA!“, você, como cliente desse processo, preferiria receber o feito ao invés do perfeito?

E se recebesse o feito, que não é suficiente, se contentaria com as justificativas:  “PELO MENOS a gente tentou” ou “PELO MENOS a gente fez”.

Ah, mas o feito é melhor do que não receber, ou não fazer, não é?

ORAS, então, a frase deveria ser “O feito é melhor que o nada“!

Por esse motivo, tendo a dizer que não é assim que eu gostaria de lidar com os desafios, sejam eles meus ou os da minha equipe. Talvez, o feito seja melhor do que o perfeito mesmo, mas só se olharmos pra nós mesmos, executantes da ação que, bem ou mal, aprendemos algo com a própria execução, adquirimos experiência ou coisa assim… mas para quem recebeu apenas “o feito”, não tenho “a ousadia” para dizer que foi melhor.

Passado um tempo, ouvi uma variação da mesma frase:

“O feito VEM ANTES do perfeito!”

Me soou melhor! VEM ANTES, me remete a continuidade. Não me parece uma desculpa, mas sim um plano! Algo que planejamos entregar suficientemente usável, mas que ainda tem um caminho para chegar no perfeito. Pode não ser nessa primeira entrega, mas vamos chegar lá. Estamos dando o nosso melhor, estamos nos preparando e vamos conseguir!

Mas de repente me pergunto: O que é o PERFEITO? Perfeito pra quem? Quem poderá dizer que algo é perfeito, que acabou, que não tem mais nada para fazer sobre aquilo?

Na minha opinião, o perfeito é apenas um ponto de vista. A diversidade de competências e criatividade podem trazer ideias de melhorias que nunca imaginamos. E o que era perfeito, agora pode ser melhorado!

E, dito tudo isso, quero chegar na minha versão desta frase:

O FEITO é o primeiro passo no caminho da Excelência!

Excelência sim, essa fala sobre melhoria contínua. Não existe perfeito, não existe chegada, mas cada passo pode me levar a um lugar onde nunca ninguém esteve!

Com isso, me lembro do manifesto do Viver Excelência, escrito pelo Jeison Arenhart de Bastiani, em uma parte na qual ele fala:

Perfeição é menor que excelência. O perfeito é perfeito segundo algum critério, parâmetro ou definição. Pense: isso é perfeito, ou seja, está no seu melhor. A excelência, diz que esse perfeito, amanhã, pode ser ainda melhor, e trabalha para que isso aconteça. Por esse motivo eu defendo que a perfeição é só uma vaidade, e que a excelência é um exercício disciplinado da busca da evolução, do novo, do melhor, e até mesmo do perfeito. Sempre sabendo que nunca chegaremos lá, mas que estamos sempre caminhando.

O que eu busco não é entregar apenas o feito. O feito, o “pelo menos“, eu vejo em cada lugar que eu saio insatisfeita com o atendimento ou entrega que recebo. E não é sobre um péssimo atendimento que estou falando, estou falando de atendimentos medíocres, que estão sempre na média e não melhoram, porque estão escorados na desculpa do “pelo menos eu tentei.

Buscar viver excelência!

Eu sei que a perfeição é apenas um ponto de vista. Algo que para mim pode ser perfeito, para outra pessoa pode ser incompleto e, às vezes, até mesmo ruim.

O que faz sentido para mim é buscar Viver Excelência a cada dia, a cada entrega, e não parar de melhorar.

Não vou discordar se você me disser: “Mas ninguém faz isso. Por que eu vou fazer?”.

A excelência não é uma chegada, é uma busca. Uma mudança de mindset que não tem a ver com o que os outros fazem, ou pensam, mas sobre o quão capaz você é de entregar hoje algo melhor que ontem. É não aceitar o “vai assim mesmo” ou o “pelo menos…” porque você acredita que dá para fazer algo maior e melhor.

Isso é o que eu busco!

E não, eu não estou pronta. Seguindo o conceito de excelência, nunca estarei, mas cada dia eu cresço um pouquinho mais e posso contribuir um pouco mais com um Brasil que dá certo.

E você, o que busca?

Autor

Comentários

Posts Relacionados

Imagem de uma linha de montagem utilizando o sistema Kanban de produção.
← Post mais recente
Sistema Kanban de produção