[REVIEW] Qualicast #055 – Qualificação do profissional da Qualidade com Maurício Sócio

Imagem de um print retirado da gravação do qualicast sobre qualificação do profissional da qualidade.

Quais são as qualificações necessárias para atuar na área da Qualidade? Ou melhor, qual é a qualificação do profissional da Qualidade? Pois bem, um ouvinte do Qualicast trouxe essa dúvida e logo de cara pensamos em chamar um convidado para discutir o assunto. 

No Qualicast #055, recebemos o Maurício Sócio que é auditor das Normas ISO 9001, IATF, ISO 16949 e qs-9000, tem mais de 25 anos de atuação em sistema da gestão, além de ser professor de pós-graduação em grandes universidades.

Para ouvir o Qualicast na íntegra, aperta o play aqui:

Mas afinal, o que preciso para atuar na Qualidade? 

Antes de perguntar o que preciso para me qualificar, precisamos responder. Aonde quero chegar? Aonde quero atuar na área da Qualidade? Quero trabalhar no controle? Na garantia? 

A partir dessa resposta conseguimos “desenhar” nossa vida profissional. Na discussão foi abordado se existe uma graduação específica para atuar na área. Hoje temos uma pluralidade de formações acadêmicas que atuam na área de SGQ, como por exemplo o Crosby que iniciou como médico, advogado, engenheiro e depois como empresário, e, mesmo assim, é um dos gurus da qualidade disseminando a filosofia zero defeitos. 

Portanto, não necessariamente você precisa ter como formação a Engenharia de Produção para atuar na área, você pode atuar como Recursos Humanos e se especializar na Qualidade, realizando cursos especializados como, pós-graduação, mestrado.

Ter essa pluralidade na área nos traz uma visão diferente para a realidade do dia a dia no SQG, por exemplo: Um engenheiro de produção tem mais habilidade em estatística, já um Analista de RH tem uma clareza maior em humanas e um pode complementar o outro. Não podemos colocar o conhecimento da qualidade em uma “caixinha” e nos atentar somente a ela. 

A busca pelo conhecimento

Hoje está mais fácil buscar o conhecimento. O próprio Blog da Qualidade faz um trabalho para contribuir com a qualificação do profissional da qualidade ou daqueles que almejam um dia atuar. Desta forma, abordamos assuntos diversos e sempre embasados em estudos e pesquisas.

O profissional da qualidade (mas não somente eles, ok?), precisam estudar muito. Devem se dedicar ao conhecimento, não pode ser um Zé preguiça, pois, o estudo vai acompanhar durante toda sua carreira. 

O Falconi, um dos grandes influenciadores da Qualidade aqui no Brasil, traz um conceito de “conhecimento acumulativo”. Como se houvesse um limite diário para o aprendizado e ele fosse se acumulando, dia após dia. Assim, não precisa estudar 08 horas por dia, pensando apenas em quantidade, mas faça uma rotina de ler/estudar pelo menos 02 horas por dia, de uma maneira constante que você estará adquirindo conhecimento diariamente com mais qualidade. 

Diferença dos cargos da Qualidade?

Controle da Qualidade 

É um time mais operacional, atua em inspeções de matéria prima, produtos. Ele realmente garante a conformidade na saída do produto. 

Garantia da Qualidade

São aqueles que além de garantir a conformidade da saída, ele atua com os processos. Dessa maneira, eles precisam exercer habilidades diferentes que o pessoal do controle. 

O time da Garantia da Qualidade, apoia e ajuda estabelecer processos estáveis para depois iniciar a medição, não conseguimos medir o resultado dos processos definidos em 03 semanas, não é?! 

Sistema da Qualidade

E por fim temos o time do Sistema da Qualidade. Um time com uma visão sistêmica de um todo, tem conhecimentos específicos de estatística, controle, conhecem bem os fundamentos da qualidade, suas ferramentas. 

Sócio, citou também a importância de nos qualificarmos em Ferramentas da Qualidade, que algumas empresas não sabem utilizar de maneira correta e assertiva. E por muitas vezes, estudam de maneira superficial o tema. Aproveita que temos o glossário das ferramentas da qualidade que você pode acessar clicando aqui.

Qualificações técnicas bastam?

Não. Além de ter toda essa bagagem de conhecimento, precisamos ter experiências nas práticas. Temos que ter vivência em auditorias, vivência no dia a dia da área da Qualidade. Temos que somar essas qualificações com o dia a dia na prática. Essa é uma das melhores formas de obter uma qualificação de profissional da Qualidade!

Portanto, não adianta concluir um curso da ISO 9001 e sair “prestando” consultorias, precisamos ter embasamento, qualificação, prática e acima de tudo conhecer nosso cliente, quais são suas necessidades e vulnerabilidades. 

Para concluir, além de buscar qualificação teórica, práticas, é necessário exercer a comunicação, pois, o time de SGQ apoia o engajamento do colaborador, apoia a cultura da empresa e acima de tudo mostra de uma maneira clara qual é o propósito de ter qualidade na organização que atua. 

Com a comunicação aprendemos a falar a língua da direção, inclusive o Jeison já escreveu aqui sobre o assunto: “Qualidade falando a língua da diretoria”. Desta forma, aprendemos a linguagem da gerência e o mais importante: a linguagem dos colaboradores, peça fundamental para a engrenagem funcionar de maneira conforme e assertiva. 

E para fechar a discussão, Maurício Sócio trouxe a importância de nos conhecermos, para conhecermos nossas vulnerabilidades, o auto controle e o autoconhecimento, assim conseguimos desempenhar um papel na organização embasados em teorias e comportamentos para buscar melhoria contínua na organização.

Acesse o Qualicast, nosso podcast sobre qualidade, excelência e gestão para se qualificar ouvindo sobre este tema e outros assuntos para tornar o seu trabalho cada vez mais inteligente.

Agora me conta, quais foram as qualificações necessárias para atuar na área da qualidade aí na sua organização?

whatsapp

Receba as melhores notícias do dia por WhatsApp.

Clique aqui e confira nossos grupos!