Sistemas de gestão

ISO 9001:2015 – O que é Anexo SL e qual o significado disso?

Imprimir artigo

A necessidade de integração de Sistemas de Gestão vem sendo discutida desde o lançamento da Norma ISO 14001 na década de 90, mas não havia sido conceituada até então, pois existem muitas normas que deveriam entrar em consenso para que isso acontecesse.

Anteriormente, durante sua elaboração, o Anexo SL era reconhecido por várias nomenclaturas ou termos, como: Guia ISO 83, Texto essencial idêntico e/ou termos comuns, ou também Definições essenciais para o uso em Normas de Sistemas de Gestão.

Porém, essa alteração no nome aconteceu porque o “Guia ISO 83” entrou em um documento conhecido como: “ISO/IEC Directives, Part 1”. Esse documento contém vários anexos, o que fala especificamente das diretivas da Norma do Sistema de Gestão está contido no Anexo L, trazendo a formatação da norma que é específica para a ISO, ficando assim conhecido como Anexo SL.

O Anexo SL surgiu como resposta às organizações que precisavam de uma facilidade no processo de integração no Sistema de Gestão Integrado (SGI), estabelecendo uma base de desenvolvimento das novas versões, facilitando a integração ao certificar duas ou mais das Normas de Sistemas de Gestão.

Onde o Anexo SL se aplica?

O Anexo SL se aplica a todas as Normas de Sistemas de Gestão, deixando todas sempre com a mesma estruturação, ou seja: do requisito 1 ao 10. O que poderá ser acrescido nas Normas ISO serão subcláusulas e textos específicos de cada disciplina ou segmento, dependendo exclusivamente de qual for a Norma e do escopo da cada uma. Por exemplo: de acordo com a ISO 9001:2015 – Sistema de Gestão da Qualidade, foi acrescida a subcláusula 4.4 Sistema de Gestão da Qualidade e Seus Processos, que é exclusiva da Norma de Sistema de Gestão da Qualidade, e não se aplicaria a Norma 14001:2015 por exemplo, que é Sistema de Gestão Ambiental.

Podem também ser aplicadas pelas Especificações Disponíveis Publicamente, mais conhecida como PAS 99, como o nome já diz: é uma especificação, que possibilita que as Organizações integrem os requisitos comuns dos Sistemas de Gestão.

Por último, também podem ser aplicadas as Especificações Técnicas, é o tipo de norma destinada a fixar as características, condições ou requisitos exigíveis para matérias-primas, produtos semi-fabricados, elementos de construção, materiais ou produtos industriais semi-acabados, bem como para a execução de serviços de qualquer natureza.

A Estrutura do Anexo SL ficou assim:

  1. Escopo
  2. Referências Normativas
  3. Termos e definições (comuns)
  4. Contexto da Organização
  5. Liderança
  6. Planejamento
  7. Apoio/ Suporte
  8. Operação
  9. Avaliação de Desempenho
  10. Melhoria

 

Alguns exemplos de Normas que já estão de acordo com o Anexo SL:

ISO 9001:2015 – Sistema de Gestão da Qualidade

ISO 14001:2015 – Sistema de Gestão Ambiental

ISO 20121:2013 – Sistema de Gestão de Eventos Sustentáveis

ISO 27001:2013 – Sistema de Gestão de Segurança da Informação

Sem dúvida e, de acordo com a PAS 99, haverá maior facilidade na implementação dos requisitos específicos de qualquer nova Norma de Sistemas de Gestão que a organização queira vir a adotar, um melhor alinhamento com os propósitos abordados em cada negócio, facilidade na compatibilidade entre os Sistemas de Gestão de diferentes disciplinas/segmentos, redução de redundâncias no SGI e no momento de Auditorias de certificação e re-certificação. Com as diretivas do Anexo SL todas estruturadas, a integração do Sistema de Gestão será muito facilitado.

 

Leia todos os artigos do Blog da Qualidade sobre ISO 9001:2015!

Autores

Comentários

Posts Relacionados

← Post mais recente
ISO 9001:2015 – Entendendo o Contexto da Organização