Blog da Qualidade

Gerando ações a partir da Matriz SWOT

Receba Nossa News

Os conteúdos mais legais sobre qualidade, semanalmente em seu e-mail

Todos os dados inseridos aqui, estão resguardados pela Política de Privacidade da ForLogic, totalmente adequada a LGPD e ISO 27001 (Segurança da Informação).

Monise Carla

Monise Carla

Auditora Líder ISO 9001:2015, ISO 22000:2018 e ISO 31000:2016. Redatora do Blog da Qualidade e Especialista de Comunicação no Qualiex! Eu ajudo profissionais a resolverem problemas de qualidade por meio de tecnologia e acredito que esse é o primeiro passo para uma vida de Excelência. Gosto de rock, desenho animado e vejo qualidade e excelência em tudo isso. Não me leve tão a sério no Twitter, mas se preferir, você também pode me encontrar no Facebook e Linkedin.

Você já deve ter entendido até aqui que a Análise SWOT não é um exercício acadêmico, e nunca deve ser vista assim. Com a SWOT você tem que conseguir ver a diferença entre onde você está, onde os outros te enxergam e onde você quer chegar.
Para fazer uma análise efetiva, você precisa identificar 4 questões:

1 – Produtos, recursos e processos

Ao avaliar forças e fraquezas, você não pode só pensar em produtos e recursos, mas precisa examinar os processos de negócios. Processos eficientes são capazes de satisfazer as necessidades do consumidor, e isso implica em oferecer soluções para problemas do cliente, e nem sempre uma solução é um produto específico.

2 – Encontre valores

Alcançar metas e objetivos é possível quando se consegue transformar forças em capacidades e potencializando-as com as oportunidades. Essas capacidades podem tornar-se vantagens competitivas se oferecerem aos consumidores valores melhores que os dos concorrentes.

3 – Trabalhe em conversões

Encontre caminhos para converter fraquezas em forças, ou até em capacidades, investindo de formas estratégicas em questões fundamentas, por exemplo, no atendimento ao consumidor, pesquisas, treinamentos. Até mesmo as ameaças podem se tornar oportunidades.

4 – Identifique limitações

Quando uma fraqueza não pode ser convertida, ela se transforma em uma limitação. Limitações que forem causar impacto muito grande no cliente devem ser estrategicamente minimizadas.

 swot qualidade

Cada força, fraqueza, ameaça e oportunidade tem que ser trabalhada como um plano de ação, e você pode (e deve) utilizar recursos da Gestão da Qualidade para sistematizar estas ações. Para facilitar, por exemplo, a atribuição de responsabilidades e clareza das ações, utilize o 5w2h para cadastro das ações, o ciclo PDCA em cada uma das atividades garantindo a eficiência e eficácia do mesmo.
Ainda falando da construção do planejamento estratégico, elaborei um material que fala dos desafios e verdades para que seu planejamento dê certo. Faça download clicando no botão abaixo:

download

 

Referência:
FERRELL, O. C. Estratégia de Marketing. São Paulo: Thomson Learning, 2006.

#01 Análise SWOT: Gerando valor no Planejamento Estratégico
#02 Seis critérios para uma Análise SWOT produtiva
#03 Análise SWOT: Entendendo as Forças e Fraquezas
#04 Análise SWOT: Entendendo as Oportunidades e Ameaças
#05 Gerando ações a partir da Matriz SWOT

Sobre o autor (a)

5 comentários em “Gerando ações a partir da Matriz SWOT”

  1. Allan Cristian

    Ótimo artigo! Texto de fácil compreensão e bem didático.
    Os exemplos são um up e chamam a atenção! Parabéns!

    1. André Roberto de Moraes
      Juliana Geremias

      Olá, Wolcker
      Estamos trabalhando para ajustar os conteúdos que estão com link quebrado. Assim que regularizar te envio por e-mail.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blog da Qualidade

Artigos relacionados