,

Blog da Qualidade

Melhoria Contínua

Jeison

Jeison

Website | + posts

Sou co-fundador da ForLogic Software, hoje atuo com gente, cultura e gestão. Sou um dos criadores do Qualiex, do Qualicast (o 1º Podcast nacional focado em qualidade), criador do Blog da Qualidade (o maior blog sobre Qualidade do Brasil). Tenho orgulho da empresa esquisita que construímos, do que fazemos aqui e principalmente das pessoas que trabalham comigo. Sou mestre em Engenharia da Produção pela UTFPR (Universidade Tecnológica Federal do Paraná), pai, empreendedor, e um inconformado de plantão! Acredito na responsabilidade do indivíduo, no poder da qualidade e que podemos fazer diferente. Se quiser trocar ideias pode ser via Twitter, Facebook , Linked-in ou mesmo pelo meu e-mail [email protected]

O processo de melhoria contínua está relacionado tanto a implantação de pequenos projetos, como também a projetos estratégicos complexos que precisam ser avaliados e gerenciados por processos organizacionais, pois seus aspectos poderão refletir nos produtos, processos e até mesmo no próprio sistema de gestão da qualidade.

Ferramentas de Melhoria Contínua

– Ação corretiva: tem como objetivo eliminar ou diminuir as causas de uma não conformidade ocorrida ou de uma situação indesejável, devendo ser direcionada aos efeitos da não conformidade encontrada, ou seja, a ação corretiva somente deverá ser aberta se o impacto da não conformidade for relevante.

– Ação preventiva: visa prevenir o acontecimento da não conformidade, eliminando a recorrência de problemas. Determina e elimina a causa das não conformidades em potencial para prevenir a sua ocorrência.

Lançamento LGPDONE

Exemplo de Ação Corretiva e Preventiva                                                       

Problema: produto com defeito.

Disposição: cancelar produção.

Ação Corretiva: descobrir as causas do defeito e tomar providências para que isso não mais ocorra como fazer manutenção periódica nos equipamentos, treinar os operadores e melhorar o controle de qualidade.

Ação Preventiva: realizar treinamentos constantes com os operadores das máquinas e o gerente da qualidade, bem como fazer um cronograma de manutenção, para que o problema não mais ocorra.

 

REFERÊNCIA

MELLO, Carlos Henrique Pereira et al. ISO 9001: 2000 ? Sistema de gestão da qualidade para operações de produção e serviços. São Paulo: Atlas, 2002.

 

Sobre o autor (a)

Blog da Qualidade

Artigos relacionados

Próximo evento Forlogic!

Conheça nossos canais

Conheça o que CEOs e especialista nos assunto estão fazendo para desenvolver as estratégias de suas empresas

Planejamento Estratégico | Transmitido ao vivo em 21 de jan. de 2021

Qualicast - O Podcast da QUALIDADE

19 de março de 2021 | 55 min

Academia da Excelência