Melhoria contínua

Melhoria Contínua

Imprimir artigo

O processo de melhoria contínua está relacionado tanto a implantação de pequenos projetos, como também a projetos estratégicos complexos que precisam ser avaliados e gerenciados por processos organizacionais, pois seus aspectos poderão refletir nos produtos, processos e até mesmo no próprio sistema de gestão da qualidade.

Ferramentas de Melhoria Contínua

– Ação corretiva: tem como objetivo eliminar ou diminuir as causas de uma não conformidade ocorrida ou de uma situação indesejável, devendo ser direcionada aos efeitos da não conformidade encontrada, ou seja, a ação corretiva somente deverá ser aberta se o impacto da não conformidade for relevante.

– Ação preventiva: visa prevenir o acontecimento da não conformidade, eliminando a recorrência de problemas. Determina e elimina a causa das não conformidades em potencial para prevenir a sua ocorrência.

Exemplo de Ação Corretiva e Preventiva                                                       

Problema: produto com defeito.

Disposição: cancelar produção.

Ação Corretiva: descobrir as causas do defeito e tomar providências para que isso não mais ocorra como fazer manutenção periódica nos equipamentos, treinar os operadores e melhorar o controle de qualidade.

Ação Preventiva: realizar treinamentos constantes com os operadores das máquinas e o gerente da qualidade, bem como fazer um cronograma de manutenção, para que o problema não mais ocorra.

 

REFERÊNCIA

MELLO, Carlos Henrique Pereira et al. ISO 9001: 2000 ? Sistema de gestão da qualidade para operações de produção e serviços. São Paulo: Atlas, 2002.

 

Autor

Comentários

Posts Relacionados

← Post mais recente
O que significa Ações de Disposição