Blog da Qualidade

O Processo de Melhoria Contínua

Receba Nossa News

Os conteúdos mais legais sobre qualidade, semanalmente em seu e-mail

Todos os dados inseridos aqui, estão resguardados pela Política de Privacidade da ForLogic, totalmente adequada a LGPD e ISO 27001 (Segurança da Informação).

Jeison

Jeison

Sou co-fundador da ForLogic Software, hoje atuo com gente, cultura e gestão. Sou um dos criadores do Qualiex, do Qualicast (o 1º Podcast nacional focado em qualidade), criador do Blog da Qualidade (o maior blog sobre Qualidade do Brasil). Mestre em Engenharia da Produção pela UTFPR (Universidade Tecnológica Federal do Paraná), auditor líder formado com orgulho pela ATSG na ISO9001 e 22000, pai, empreendedor, e um inconformado de plantão!
Acredito na responsabilidade do indivíduo, no poder da qualidade e que podemos fazer diferente. Me acompanhe no Linkedin e no Instagram.

O processo de melhoria contínua está relacionado tanto a implantação de pequenos projetos, como também a projetos estratégicos complexos que precisam ser avaliados e gerenciados por processos organizacionais, pois seus aspectos poderão refletir nos produtos, processos e até mesmo no próprio sistema de gestão da qualidade.

Algumas ações podem executadas para corrigir uma NC entre elas temos:  ação corretiva e ação preventiva. Podemos usar as duas ações em  única ocorrência,  vou explicar um pouquinho para vocês a diferença entre elas e como aplicá-las.

ocorrencias-1200-x175

Ferramentas de Melhoria Contínua

– Ação corretiva: tem como objetivo eliminar ou diminuir as causas de uma não conformidade ocorrida, ou de uma situação indesejável.
– Ação preventiva: visa prevenir o acontecimento da não conformidade, eliminando a recorrência de problemas. Determina e elimina a causa raiz das não conformidades para prevenir a sua ocorrência.

Exemplo de Ação Corretiva e Preventiva

Problema: produto com defeito.
Disposição: cancelar produção.
Ação Corretiva: descobrir as causas do defeito e tomar providências para que isso não mais ocorra como fazer manutenção periódica nos equipamentos, treinar os operadores e melhorar o controle de qualidade.
Ação Preventiva: realizar treinamentos constantes com os operadores das máquinas e o gerente da qualidade, bem como fazer um cronograma de manutenção, para que o problema não mais ocorra.

REFERÊNCIA
MELLO, Carlos Henrique Pereira et al. ISO 9001: 2000 ? Sistema de gestão da qualidade para operações de produção e serviços. São Paulo: Atlas, 2002.

 

Idealizado por Forlogic | www.forlogic.net
Saiba mais sobre qualidade em https://ferramentasdaqualidade.org/
Conheça nossos softwares:
Gestão da Qualidade https://qualiex.com/ | Gestão da Metrologia https://metroex.com.br/

Sobre o autor (a)

Blog da Qualidade

Artigos relacionados

ocorrênias 500x800