Blog da Qualidade

Matriz de Competências e Habilidades: o que é e como utilizar?

Receba Nossa News

Os conteúdos mais legais sobre qualidade, semanalmente em seu e-mail

Todos os dados inseridos aqui, estão resguardados pela Política de Privacidade da ForLogic, totalmente adequada a LGPD e ISO 27001 (Segurança da Informação).

Davidson Ramos

Davidson Ramos

Auditor Líder ISO 9001:2015 e autor de centenas de artigos sobre Gestão da Qualidade, sempre acreditei que as pessoas têm o poder de mudar o mundo a sua volta, desde que estejam verdadeiramente engajadas nisso. Por isso me dedico a ajudar as pessoas a criar laços verdadeiros com seu trabalho, porque pessoas engajadas mudam o mundo!

A Matriz de Competências pode ser a solução para processos seletivos. Quando se trata de processos seletivos, especialmente aqueles com muitos candidatos, frequentemente nos deparamos com a difícil decisão de escolher o candidato ideal.

‘Quem devo contratar?’ é uma questão comum em meio a candidatos igualmente talentosos. A escolha certa dos membros da equipe é fundamental para o sucesso de qualquer organização, mas admitimos que não é uma tarefa simples!

Neste post, vou introduzir uma ferramenta essencial que pode transformar sua abordagem de contratação: a Matriz de Competências. Vamos mergulhar no entendimento dessa ferramenta, começando pela análise dos termos que formam seu nome: Matriz e Competência.

A Matriz de Competências não só facilita a tomada de decisões em processos seletivos, mas também garante que você escolha os candidatos mais alinhados às necessidades e objetivos da sua empresa.

O que é a Matriz de Competências? 

Matriz é uma ferramenta que relaciona informações, fazendo com que se tenha uma visão mais completa de algum contexto, assim é possível comparar dados para tomar decisões mais precisas.

Alguns exemplos famosos desse tipo de ferramenta são a matriz GUT, que relaciona critérios de gravidade, urgência e tendência afim de mostrar a prioridade das tarefas; e a matriz SWOT, que contém informações sobre contextos internos e externos da sua empresa com o propósito de ajudar nas decisões estratégicas, mostrando os pontos de atenção da empresa.

A competência pode ser compreendida como uma combinação de três características adquiridas ao longo do tempo: conhecimento, habilidade e atitude (CHA). Além disso, ela é um conjunto de capacidades que tornam alguém (ou alguma empresa) capaz de realizar determinadas atividades.

Complicou? Calma, vou explicar.

1- Conhecimento

Imagine o esporte Salto em Altura. Temos o conhecimento teórico básico sobre suas regras, ou seja, sabemos como funciona: vence quem saltar mais alto sem derrubar a barra. É, simples assim! O conhecimento teórico significa saber o que é necessário para desempenhar uma tarefa ou função especifica.

2- Habilidade

A habilidade está relacionada à prática, à realização da atividade, é o “saber fazer”. Nesse exemplo, o próximo passo é o salto em si e, a menos que você seja um atleta olímpico, acredito que não saiba saltar em altura. Bom, pelo menos eu não sei, não consigo correr na velocidade correta, não acerto o momento exato do salto, nem mesmo consigo posicionar meu corpo para que a barra não caia. Isso significa que eu tenho o conhecimento do que devo fazer, que é saltar, mas não tenho habilidade, porque não consigo fazer.

É necessário que o atleta realize vários saltos para que possa ser capaz de saltar cada vez mais alto, pois a habilidade é a realização das tarefas e o resultado da experiência.

3- Atitude

Atitude é a vontade de realizar a tarefa, é o “querer fazer”. A atitude está associada diretamente à maneira como você age para realizar as tarefas que são destinadas a você. Em outras palavras, tem a ver com os comportamentos necessários para desempenhar determinado papel, sejam eles pontualidade, disciplina, proatividade, criatividade, comunicação, ou quaisquer outros que forem necessários.

No esporte, o atleta precisa ter um conjunto de atitudes que façam com que ele coloque o conhecimento e a habilidade em prática, ou seja, é preciso que ele execute o salto. Para isso ele precisa ter uma alimentação balanceada e uma rotina de preparação antes das competições.

Benefícios da Matriz de Competências

Entenda quais são os benefícios da utilização de uma Matriz de competências:

  1. Identificação de Lacunas de Competências: Uma matriz de competências ajuda a identificar as lacunas entre as habilidades atuais dos funcionários e as competências necessárias para alcançar os objetivos da empresa. Isso permite que os gestores planejem intervenções específicas de treinamento e desenvolvimento.
  2. Desenvolvimento de Talentos: Ao mapear as competências de cada funcionário, a organização pode criar planos de desenvolvimento personalizados, promovendo o crescimento profissional e mantendo os colaboradores motivados e engajados.
  3. Melhoria no Processo de Recrutamento: Com uma compreensão clara das competências necessárias para cada função, a equipe de recrutamento pode alinhar suas estratégias de contratação para atrair candidatos que possuam as habilidades desejadas.
  4. Planejamento Sucessório: A matriz de competências facilita a identificação de potenciais líderes dentro da organização, permitindo um planejamento sucessório mais eficaz e garantindo a continuidade dos negócios.
  5. Aprimoramento da Gestão de Desempenho: Utilizando a matriz de competências, os gestores podem avaliar o desempenho dos funcionários de maneira mais objetiva, com base em competências específicas, e fornecer feedbacks mais construtivos.

Como fazer uma Matriz de Competências?

Juntando os dois termos, compreendemos então que a Matriz de competências é uma fermenta que ajuda a organizar todas as competências necessárias para desempenhar uma função, assim você pode avaliar quais conhecimentos, habilidades e atitudes são necessárias para uma pessoa preencher uma vaga disponível na sua empresa.

Exemplo de Matriz de Competências

Para mostrar como a ferramenta funciona, a tabela abaixo mostra um exemplo da Matriz de Competências para um setor de Vendas.

o-que-e-matriz-de-competencias-exemplo-matriz-blog-da-qualidade-

No exemplo, para trabalhar no setor de Vendas, um colaborador precisa ter as seguintes competências:

Nas linhas brancas (horizontal) temos a análise das competências de cada candidato quantificada. Ou seja, quanto maior o número dado ao candidato, maior a capacidade em realizar as tarefas.

Assim, podemos ver que Jonas é o candidato mais competente, pois possui a pontuação máxima em todos os requisitos. Já Felipe é o candidato que apresenta menor capacidade em comparação aos outros, pois tem as menores notas e possui um GAP na segunda competência (Ter capacidade investigativa).

Matriz de Competências na prática

A Matriz de Competências é uma importante ferramenta que ajuda você a conhecer melhor as capacidades dos futuros integrantes da sua empresa, fazendo com que as contratações sejam muito mais precisas e as chances de que o contratado desempenhe suas funções sejam muito maiores, melhorando o seu processo de seleção.

Nas próximas publicações trarei uma visão um pouco mais prática da Matriz de Competências e falarei sobre outros contextos em que se pode aplicá-la. Se você ainda não assinou a nossa newsletter, assina lá para não perder nenhum post do blog!

Qualiex: O melhor Software para a Gestão da Qualidade!

Gostou de saber mais sobre a Matriz de Competências? Com a ajuda do Qualiex você consegue fazer uma gestão sistêmica e profissional dos processos em sua empresa. Elimine planilhas, ganhe tempo, garanta a conformidade com os requisitos aplicáveis e foque seus recursos no que realmente importa.

E tem mais: Se você é pequena empresa pode contar com a tecnologia Qualiex disponível sob medida para sua organização. O Qualitfy é perfeito para encaixar no orçamento de sua pequena empresa e fazer ela conquistar os resultados que busca.

Além de sermos o melhor software para gestão da qualidade, te ajudamos com cursos de especialistas voltados à gestão, qualidade e excelência por meio da Saber Gestão. Por isso, não perca mais tempo, entre em contato conosco!

Leia mais sobre Gestão de Competências

#01 Qualidade, Pessoas, Competências: onde isso nos leva?

#02 Semana da Qualidade: o que Deming NÃO falou sobre competências?

#03 5 motivos para gerenciar as competências da sua empresa

#04 Como comprovar competências na ISO 9001:2015

#05 O que é Matriz de Competências

#06 Como montar uma Matriz de Competências que facilite a criação de times mais fortes (Parte 1)

#07 Como montar uma Matriz de Competências que facilite a criação de times mais fortes (Parte 2)

Sobre o autor (a)

4 comentários em “Matriz de Competências e Habilidades: o que é e como utilizar?”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blog da Qualidade

Artigos relacionados