Blog da Qualidade

2º Princípio de Deming: Adote a nova filosofia

Receba Nossa News

Os conteúdos mais legais sobre qualidade, semanalmente em seu e-mail

Todos os dados inseridos aqui, estão resguardados pela Política de Privacidade da ForLogic, totalmente adequada a LGPD e ISO 27001 (Segurança da Informação).

Juliana Geremias

Juliana Geremias

+ posts

Graduada em Administração de Empresas, MBA em Gestão da Qualidade e Auditora Líder ISO 9001. "Qualidade é o resultado de um ambiente cultural cuidadosamente construído. Tem que ser o tecido da organização, não parte do tecido." Phil Crosby

Se você tem dificuldade em implantar a qualidade dentro da sua empresa, você precisa conhecer os 14 princípios de Deming. Em especial, o 2º Princípio que é “Adote uma nova filosofia”. Neste artigo, vou abordar especificamente o 2º Princípio de Deming, que sugere que a Qualidade seja abordada de maneira sistemática e inquestionável dentro das organizações.

Mas o que são os princípios de Deming?

Trata-se de um conjunto de 14 orientações essenciais conectadas entre si para uma Gestão da Qualidade Total, desenvolvidas pelo Guru da Qualidade William Edwards Deming.

Esses 14 pontos têm como objetivo melhorar a:

  • Produtividade;
  • Competitividade;
  • Satisfação dos clientes e dos funcionários;
  • E a melhoria contínua dos processos e produtos das organizações.

Segundo Deming, esses princípios constituem a essência de sua filosofia e se aplica a todos os tipos de organizações, independentemente de seu seguimento ou porte, tanto na indústria de produtos quanto nas prestadoras de serviços.

Quais são os 14 Princípios de Deming

A título de conhecimento, listei aqui os 14 Princípios, aproveitando para incluir o link com conteúdos relacionados a cada um:

  1. Constância de Propósito;
  2. Adote uma nova filosofia;
  3. Deixe de depender de inspeção para atingir a qualidade;
  4. Extinguir a aprovação de orçamentos com base em preços;
  5. Melhoria contínua;
  6. Instituir treinamentos;
  7. Adotar e instituir a liderança;
  8. Afaste o medo;
  9. Derrube a barreira entre outros setores;
  10. Elimine Slogans e metas;
  11. Elimine quotas numéricas;
  12. Tenha orgulho da mão de obra;
  13. Estimule a formação e o aprendizado;
  14. Tomar iniciativa para realizar transformação.

Mudando de perspectiva

Em um mundo em constante mudança, a adoção de uma nova filosofia sugere uma ruptura com o passado, ou seja, um novo jeito de fazer negócios.

Estratégias que eram eficazes anteriormente podem não ser mais relevantes ou bem-sucedidas em um ambiente empresarial dinâmico. Portanto, a adaptação a uma nova abordagem se torna essencial para o sucesso contínuo.

Enfim, a “nova filosofia” implica em uma transformação significativa na maneira como as empresas operam, superando práticas defasadas e adotando uma mentalidade mais moderna orientada para os clientes.

Adote uma nova filosofia

O 2º princípio de Deming enfatiza a necessidade de adotar uma nova filosofia de gestão, baseada na melhoria contínua, no trabalho em equipe e na busca constante pela excelência.

Essa nova filosofia propõe mudanças desde a mentalidade e comportamento, quanto ao abandono de práticas ultrapassadas. Além disso sugere que as organizações sejam aderentes a uma abordagem mais moderna e eficiente.

Podemos resumir esse princípio como a visão centrada no cliente que implica em uma mudança “radical” na maneira como as organizações operam.

Em vez de priorizar exclusivamente o lucro imediato, elas devem colocar o foco mais amplo na satisfação do cliente.

Isso significa que as empresas devem se esforçar para compreender as necessidades e expectativas dos clientes, priorizando a qualidade, a satisfação e a criação de valor a longo prazo.

Com uma visão centrada no cliente, as organizações não apenas irão atender às demandas imediatas, mas também estabelecer relacionamentos duradouros e significativos.

Essa abordagem não só beneficia a reputação e a lealdade do cliente, mas também contribui para um modelo de negócios mais sustentável, alinhado aos valores e às expectativas da sociedade moderna.

Mas, como implementar o 2º Princípio de Deming?

Abraçar uma nova filosofia não consiste apenas em pedir uma mudança para as equipes. Todos devem entender o porquê essa mudança é tão importante para as organizações.

E não se esqueça: essa mudança deve começar lá no topo, com a diretoria e os líderes, para depois chegar no chão de fábrica.

Deixe claro como essa mudança de pensamento e atitudes podem proporcionar resultados positivos e gerar mais valor para as organizações.

Em um mundo moderno e dinâmico, não dá mais para aceitar os mesmos erros e práticas de antes. A ideia é que todos na equipe compreendam que essas mudanças são inevitáveis para o sucesso de toda organização.

O 2º Princípio de Deming e a lista de intoleráveis

No livro “Saia da Crise”, onde são apresentados os 14 Princípios, há uma explicação do segundo princípio Deming que diz que não podemos mais, de forma alguma, tolerar níveis normalmente aceitos de erros, falhas, entre outros.

Inclusive, ele apresenta uma lista do que não deve ser mais tolerado dentro das organizações. São eles:

  •  Níveis de erros,
  • Defeitos,
  •  Insumos inadequados,
  • Profissionais que não sabem o que devem fazer e têm medo de perguntar,
  • Danos causados por manuseios impróprios de mercadorias,
  • Métodos antiquados de treinamento no ambiente de trabalho, supervisão inadequada e ineficaz,
  • Administradores descomprometidos com a empresa,
  • Administradores que pulam de emprego constantemente,
  • Itens atrasados ou cancelados por um colaborador ter faltado
  • Atos de vandalismo.

Você pode saber mais com o episódio #056 do Qualicast

A Qualidade como um valor fundamental

Enfim, a nova filosofia nada mais é do que o novo jeito de fazer o negócio, abandonando o velho hábito do lucro a todo custo, dando lugar a entregas de valor e significado verdadeiros e sustentáveis tendo como foco no cliente.

Em última análise, a “nova filosofia” destaca a importância de ir além do lucro imediato, visando um impacto mais positivo e não só para os clientes, mas para a comunidade em geral.

Esta é uma abordagem mais equilibrada e sustentável aos negócios. Pois, em vez de focar exclusivamente no lucro imediato, ela sugere a criação de um valor genuíno voltado aos clientes e a sociedade em geral.

Acredite, essa abordagem a longo prazo é mais benéfica e sustentável.

E aí, o que achou da leitura? Deixe sua resposta nos comentários. Vou adorar saber seu ponto de vista em relação ao 2º Princípios de Deming.

Sobre o autor (a)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blog da Qualidade

Artigos relacionados