Gestão de processos

Qual é o papel da Qualidade contra o Coronavírus (COVID-19)?

Imagem de médicos com roupas específicas em um hospital cuidando dos pacientes que contraíram o coronavírus. Essa imagem é utilizada no artigo sobre Qualidade contra o Coronavírus.
Imprimir artigo
Redefinir

Esse artigo fala sobre o papel da Qualidade contra o Coronavírus, mas é direcionado principalmente aos clientes da ForLogic (do Qualiex e do Metroex). É claro que ele também pode servir de inspiração para todo diretor de empresa, gestor, coordenador ou analista da Qualidade.

Muito tem se falado sobre o Coronavírus, mas o melhor artigo que encontrei falando disso é um que fala sobre as estatísticas de disseminação do vírus e que usei para tomar algumas decisões:

São 20 minutos de leitura que VALEM MUITO A PENA!

Um ponto do artigo que quero enfatizar é que praticamente todos vamos ser contaminados em algum momento, mais cedo ou mais tarde.

MAS CALMA! SEM PÂNICO!

O vírus em si não tem alta letalidade. O problema é que, se todos forem contaminados ao mesmo tempo, as pessoas não terão onde ser atendidas! Então, o que temos que fazer é achatar o pico, para que o colapso no sistema de saúde seja o menor possível. Por isso escrevo esse artigo, porque TODO LIDER pode (e deve) contribuir com isso!

Nesse arquivo de mídia, temos um gif que mostra o cenário atual em que o coronavírus tem atuado. Esse gif é utilizado no artigo sobre Qualidade contra o Coronavírus .

Flatten the coronavirus curve (“Achatar a curva do coronavírus”). Fonte: FlowingData

Mas o que a gente tem a ver com isso?

Uma coisa comum é ouvir que “O corona não afeta o meu negócio!”. Certo, vamos lá!

Toda empresa tem suas partes interessadas (a ISO 9001, por exemplo, fala delas). Assim, existem pessoas que são impactadas diretamente pela empresa, geralmente são acionistas, colaboradores, clientes e sociedade. E essas partes podem ser impactadas pela crise do Corona.

Por que crise? Nós, da ForLogic, somos uma empresa de tecnologia, podemos trabalhar de casa se quisermos.

Pois é, mas mesmo que ninguém do time adoeça, ter parentes e familiares doentes sem poder serem atendidos por falta de leitos vai prejudicar os colaboradores (Partes interessadas: colaborador e sociedade). Se o colaborador não estiver bem, não trabalha bem. Se tivermos superlotação nos hospitais, a sociedade não fica bem. Sem ambos, colaboradores e sociedades, não tem negócio!

Tenho relatos de clientes em que a diretoria passou reunida por dias inteiros, pois eles atuam por todo o Brasil e a orientação de “não viajar” acertou o negócio em cheio (parte interessada: cliente). Se o cliente não puder atuar, como vai usar nosso software? Como fica sua continuidade no negócio? Sem cliente, não tem negócio!

Dois eventos para os quais eu havia sido contratado para palestrar foram cancelados semana passada. Fora os eventos que ainda estão na agenda, e as viagens a clientes (partes interessadas: clientes e acionistas). Se o cliente cancela, podem deixar de pagar, e os acionistas ficam sem resultado. Sem resultado, não tem negócio!

Entre o medo e a ação

Passei o final de semana pensando em como iriamos atuar nesse cenário caótico que se desenhou nos últimos dias.

Na segunda-feira, 16 de março, chegamos às 7h20 na empresa para discutir um plano de gestão de crise.

Nossa rotina comum previa uma dinâmica com toda equipe para tratar dos diferenciais que entregamos ao cliente. Mas tudo mudou. No lugar de nos reunirmos no auditório, as pessoas receberam pelo celular a seguinte mensagem:

Imagem de um print tirado do grupo da forlogic no telegram mostrando algumas falas da Marina Beffa.

Com quase 100 pessoas em uma sala de reunião online, começamos a conversa com a pergunta:

“Qual deve ser nossa postura diante de uma crise?”

Conversamos um pouco, e eu mandei o link do artigo para o pessoal, o mesmo que compartilhei com você no início deste texto. Todos leram e foi ficando claro que uma pandemia tem impacto direto no nosso trabalho, quer queiramos ou não.

Depois do artigo, usei um vídeo do, sempre ótimo, Eduardo Carmello. Esse aqui:

O Eduardo Carmello abordou algo fundamental, que eu já vinha discutindo com o time. Assim, o vídeo nos deu um bom contraponto, e a partir daí apresentei a postura que iremos ter diante da crise.

Hora de agir e cumprir os compromissos

Nós não podemos nos paralisar diante da crise!

Precisamos ser responsáveis e continuar atuando, e temos que minimizar os impactos que nossos clientes estão sentindo, atuar para ajudar onde for possível.

Claro que temos que nos precaver, geramos uma série de medidas de prevenção internas.

  • cancelar viagens e eventos;
  • evitar aglomerações presenciais;
  • evitar contato pessoal (nossos cumprimentos, durante a crise, mudaram);
  • evitar reuniões presenciais;
  • priorizar reuniões remotas;
  • evitar ligar o ar condicionado o máximo possível e abrir janelas;
  • qualquer pessoa com sintoma de resfriado deve trabalhar em casa;
  • ao pegar água no bebedouro NÃO ENCOSTAR A GARRAFA / XÍCARA NO BICO D’AGUA;
  • Time do cuidado (manutenção), higienizar o bico 2x por dia com álcool.

Temos que manter nossos compromissos com o cliente nos mantendo ativos. Sim, tivemos uma série de mudanças:

  • estamos aumentando o trabalho remoto;
  • janelas sempre abertas;
  • mantendo 1m de distância entre as pessoas no trabalho;
  • Disponibilizamos álcool em gel em vários pontos da empresa:

Imagem de um alcool em gel tirada para o artigo sobre Qaalidade contra o Coronavírus.

  • todas as reuniões hoje são remotas, mesmo se as pessoas estão na empresa (estamos aprendendo a trabalhar “remotamente”, redobramos atenção em pequenas coisas);
  • sempre temos bolachas, frutas e café aqui. Colocamos um pegador para evitar contato com as mãos:

Imagem do pegador utilizado para pegar as bolachas na ForLogic, evitando assim o contato com as mãos.

  • No nosso filtro de água, a recomendação é não usar garrafas, para não encostar a “famosa garrafinha” no bico da torneira do bebedouro, e a torneira é limpa periodicamente com álcool.

Imagem do nosso bebedouro com algum colaborador pegando água. Imagem utilizada para o artigo de Qualidade contra o Coronavírus

Fizemos várias pequenas mudanças, para fazer a nossa parte em reduzir o número de casos, e achatar o gráfico de contaminação no primeiro momento.

Qualidade contra o Coronavírus: uma questão de gestão de riscos

Esse artigo está sendo enviado diretamente para os nossos clientes, é parte do trabalho para sensibilizar e dizer que todos podem contribuir da forma relevante. Como um dos nossos valores é o PROTAGONISMO, ignorar o que está acontecendo, não agir, para nós seria algo irresponsável.

Claro que eu não tinha na minha gestão de riscos um risco chamado: PANDEMIA DE UMA DOENÇA QUE SURGIU NA CHINA!

Mas ele apareceu, agora tenho que tratar disso. Na verdade, abrimos um plano de gestão de crise, com diversas ações, vários riscos novos identificados e um conjunto de planos de contingência.

E claro que eu preferia não ter que lidar com isso, mudei toda minha agenda para atuar. Porém, como somos uma empresa idônea, focada nos clientes, nos colaboradores e na sociedade que nos acolhe, eu faço questão de atuar na forma que acho correta!

Isso é qualidade (contra o Coronavírus ou não) de verdade

Fazer gestão de risco não é “manter planilha atualizada”, é minimizar impactos, é reduzir probabilidade, é lidar com o risco quando ele acontece e com um plano. E se você não tiver um plano, é agir rápido para ter um!

Se você é nosso cliente e tem dificuldades para lidar com a crise do Coronavírus, pode entrar em contato com a gente. Se precisar de algo e nós pudermos apoiar, faremos isso! Qualidade de verdade é pensar também nas necessidades “implícitas” do cliente, mesmo as que surgem do nada, mas que precisam ser atendidas.

Leia a série completa:

#1 – Qual é o papel da Qualidade contra o Coronavírus (COVID-19)?

#2 – Como fazer gestão de crise, um exemplo prático da ForLogic #coronavírus

#3 – Coronavírus: Liderança em tempos de crise

#4 – Coronavírus: como fazer gestão de crise do zero?

Autor

Comentários

Posts Relacionados

imagem do coronavírus em vermelho e logo na frente o escrito covid-19. Essa imagem é utilizada para o artigo do Jeison sobre como fazer gestão de crise.
← Post mais recente
Como fazer gestão de crise, um exemplo prático da ForLogic #cor...