Blog da Qualidade

WEBINAR AO VIVO
Dia 19 de Outubro, 10h00min

3 dicas para que o planejamento seja executado

Receba Nossa News

Os conteúdos mais legais sobre qualidade, semanalmente em seu e-mail

Todos os dados inseridos aqui, estão resguardados pela Política de Privacidade da ForLogic, totalmente adequada a LGPD e ISO 27001 (Segurança da Informação).

Gabrielle Pessute

Gabrielle Pessute

Eu ajudo as pessoas na área de Relacionamento com Cliente, trabalhando no Metroex. Vim de São Paulo para cursar ciências contábeis na UENP. Apaixonada pela série Friends, amo cachorros, sou muito eclética para música e visto preto quase todos os dias!

Pense em sua vida pessoal para a seguinte pergunta: Você já planejou algo e dias depois mal se lembrou daquele plano? Eu sei, muitas vezes o nosso planejamento não é executado, por mais simples que seja. Um ótimo exemplo é a famosa “promessa de ano novo”. Porém, em nossas vidas pessoais isso dificilmente terá um impacto financeiro, mas não é o mesmo para uma empresa.

A não execução de algo planejado para seu laboratório ou indústria pode comprometer a qualidade de produtos ou serviços e acabar impactando negativamente o faturamento. Neste artigo, vou trazer 3 dicas para que o planejamento seja executado!

Tenha metas claras e alinhadas 

O objetivo definido pela gestão do laboratório deve estar claro para todos os setores para que todos trabalhem com a mesma meta. Não adianta a alta direção definir que para aquele período querem resultado “x” e não comunicar as demais áreas, essa falta de comunicação pode fazer com que os demais trabalhem com outras visões. A própria 17025 traz a importância de um bom alinhamento:

O item 6.2.4 aponta: “A gerência do laboratório deve comunicar ao pessoal seus deveres, responsabilidades e autoridades.” Com a meta alinhada, o foco de cada atividade fica direcionado em prol do laboratório como um todo. Indicadores de resultado e de esforço devem estar “remando para o mesmo lado”!

Eficiência nas atividades é fundamental

Como estamos no Blog da Metrologia é claro que precisamos falar da atividade base para praticamente todos os laboratórios: calibrar. Essa é uma tarefa que requer muita atenção, mas não significa que ela não possa ser agilizada. 

Uma boa parte das empresas ainda utilizam planilhas para realizar as calibrações, o que não é um processo ágil, não é integrado com outras áreas do laboratório e ainda possuem riscos referentes a Segurança da Informação, que já falamos aqui no blog.

Atualmente com um software é possível integrar o processo ponta a ponta, gerir seus instrumentos, realizar calibrações e emitir certificados de uma forma muito mais rápida, mantendo a qualidade e integridade das informações!

Quanto mais as informações estiverem centralizadas, melhor

Além de agilizar as atividades base, o software também pode auxiliar muito na gestão do laboratório. Sem acesso fácil ao que está acontecendo na empresa e com a dificuldade em conciliar resultados, a tomada de decisão fica mais lenta e menos assertiva, podendo comprometer o faturamento final.

No entanto, fica muito mais simples ter os resultados dos diversos setores da empresa com um aplicativo de celular. No caso do MyLogical, estamos lançando o “MyLogical Gestão” que oferece com visualização de gráficos o gerenciamento de todo o laboratório, desde números de certificados assinados, orçamentos e até o próprio faturamento! 

Reunir e analisar dados não deve ser uma tarefa morosa!

Planejado e executado

Para chegar no objetivo desejado, não é preciso muitos segredos. Reúna a eficiência de uma boa comunicação com a automação nos possíveis processos sem perder a qualidade do seu produto ou serviço. 

Com um bom alinhamento, o planejamento tende a ser bem executado, gerando um impacto positivo no seu faturamento

Idealizado por Forlogic | www.forlogic.net  | Saiba mais sobre qualidade em http://ferramentasdaqualidade.org/

Conheça nossos softwares:  Gestão da Qualidade https://qualiex.com/ | Gestão da Metrologia https://metroex.com.br/

Sobre o autor (a)

1 comentário em “3 dicas para que o planejamento seja executado”

  1. Pingback: Quem é o DPO na LGPD? - Blog da Qualidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Blog da Qualidade

Artigos relacionados