Blog da Qualidade

webinar ocorrências

ISO 9001:2015 – O que a cultura da qualidade tem a ver com o Requisito 7.4?

Receba Nossa News

Os conteúdos mais legais sobre qualidade, semanalmente em seu e-mail

Todos os dados inseridos aqui, estão resguardados pela Política de Privacidade da ForLogic, totalmente adequada a LGPD e ISO 27001 (Segurança da Informação).

Jeison

Jeison

+ posts

Sou co-fundador da ForLogic Software, hoje atuo com gente, cultura e gestão. Sou um dos criadores do Qualiex, do Qualicast (o 1º Podcast nacional focado em qualidade), criador do Blog da Qualidade (o maior blog sobre Qualidade do Brasil). Mestre em Engenharia da Produção pela UTFPR (Universidade Tecnológica Federal do Paraná), auditor líder formado com orgulho pela ATSG na ISO9001 e 22000, pai, empreendedor, e um inconformado de plantão!
Acredito na responsabilidade do indivíduo, no poder da qualidade e que podemos fazer diferente. Me acompanhe no Linkedin e no Instagram.

A maior queixa que recebemos dos profissionais da qualidade que atendemos aqui em nosso departamento de relacionamento com o cliente hoje é a falta da cultura da qualidade nas organizações: as pessoas não se comprometem com a qualidade, não sugerem melhorias no sistema, só se preocupam com os processos em épocas de auditoria, o setor da qualidade está em constante conflito com o da produção, a qualidade não sai do papel.. e por aí vai.
Como é aí na sua empresa?
Trabalhar a cultura da qualidade na empresa é trabalhar para que as pessoas estejam comprometidas em atingir o mesmo propósito do SGQ, e para que isso aconteça, tanto líderes quanto profissionais da qualidade devem usar todos os recursos possíveis.
Por isso, a ISO 9001:2015, estruturada conforme o Anexo SL, reuniu no Requisito 7. Apoio todos esses recursos que a empresa precisa para garantir o bom andamento dos processos do SGQ e atingir seus objetivos. Isso inclui pessoas, infraestrutura, monitoramento, medição, conhecimentos, competências, comunicação, conscientização e informação documentada.
Ou seja, para que o SGQ da empresa entregue os resultados pretendidos, ela precisa de pessoas com competências e conhecimento, com uma organização que entregue a infraestrutura adequada, junto de todas as documentações com as informações que irão garantir a correta execução dos processos. Além disso, ainda é necessário a comunicação e a conscientização das pessoas sobre o SGQ, afinal, como você quer que as pessoas executem os processos se você não falar da importância da execução deles?
Esse pode parecer um pequeno ponto, mas a comunicação é uma tarefa muito importante nesse processo todo. Se ela for falha e passada com informações incompletas, ambíguas ou imprecisas, pode levar ao mau desempenho, retrabalho, insatisfação das pessoas, e outras tantas coisas ruins, como a falta da cultura da qualidade.
Por outro lado, uma boa comunicação pode promover o trabalho em equipe e um senso de alinhamento de objetivo de todos os colaboradores, com o propósito da organização e do SGQ, e uma boa comunicação é uma comunicação planejada!
O requisito 7.4 – Comunicação foi reelaborado na nova versão da ISO, abrangendo tanto comunicação interna (Alta direção, líderes, colaboradores, equipes, etc) quanto a comunicação externa (fornecedores, clientes, sociedade, etc). O requisito orienta uma estrutura para o plano de comunicação dos projetos da Qualidade:
Sobre o que comunicar: O primeiro passo do planejamento é definir qual a mensagem que será transmitida para as pessoas. O que significa a qualidade na sua empresa? O que você espera que as pessoas façam?
Quando comunicar: se atentar aos prazos para a comunicação também é importante, afinal não podemos comunicar hoje ao responsável de um processo que amanhã vamos começar a rodar esse processo de maneira diferente. É necessário o tempo de treinamento das pessoas envolvidas para que executem o processo corretamente.
Com quem se comunicar: A eficácia do processo depende do que as pessoas entendem como qualidade. Por isso, determinar os diferentes públicos que receberão a mensagem é primordial, visto que em uma empresa existem várias pessoas diferentes e que também interpretam os processos de forma variada.
Como comunicar: Seguindo o mesmo raciocínio do item acima, o como comunicar deve considerar o público alvo. Você não pode mandar um e-mail para o pessoal de uma linha de montagem manual, que não tem acesso ao computador para exercer suas atividades.
Quem comunica: a pessoa que transmitirá a mensagem deve estar ligada ao dia-a-dia das pessoas e processos envolvidos, para que seja melhor recebida pelos receptores.
No começo, elaborar e executar um plano de comunicação pode parecer um processo que requer esforço, mas com o tempo se torna uma atividade rotineira, e que vai melhorar muito a cultura da qualidade da sua empresa.
Para te ajudar a gerenciar a comunicação da sua empresa, estou disponibilizando um modelo de plano de comunicação, e para baixá-lo é só clicar no botão abaixo:

Baixar modelo de plano de comunicação

Leia todos os artigos do Blog da Qualidade sobre ISO 9001:2015!

Sobre o autor (a)

11 comentários em “ISO 9001:2015 – O que a cultura da qualidade tem a ver com o Requisito 7.4?”

    1. Olá Patricia.
      O plano de comunicação pode sim (e deve) estar dentro dos procedimentos. Estando dentro dos procedimentos, ele fará parte da rotina da empresa, e será executado com mais facilidade. Quanto menos burocrático melhor, né! Um abraço.

  1. Na minha opinião as empresas ( não generalizando) não estão prontas e não tem um sistema de prevenção eficaz, as que estão fazendo por uma questão de ” obrigação”, levando não conformidades.
    E como todo bom brasileiro deixam pra última hora, a transição da ISO 9001:2015 deve ocorrer até setembro, porém muitas empresas alegam não estarem preparados, e vão se preocupar em agendar no último segundo. Absurdo!!

Deixe um comentário para Patricia Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Blog da Qualidade

Artigos relacionados

ocorrênias 500x800

deixou de acompanhar as ações de
um projeto e ATRASOU a entrega?

O Qualitfy pode ajudar